• Blog
  • Perfil
  • Política
  • Gerais
  • Imagens
  • Contato
Enquete


Nenhuma enquete.

Buscar
Untitled Document
12.04
21:41

Potiguar bate Santa Cruz por 2 a 0 e fará final da Copa RN contra o ABC

O Potiguar está na final da Copa RN. A decisão será contra o ABC  em dois jogos, no Estádio Arena das Dunas. O primeiro jogo será domingo, dia 16.

Para chegar à final, o Time Macho venceu o Santa Cruz por 2 a 0, na Arena das Dunas, em Natal, e contou com a derrota do Assu para o América.

Os gols do Potiguar foram anotados pelos atacantes “Sabão” e Hugo.

O Alecrim foi rebaixado para a segunda divisão do Potiguar.
12.04
17:55

Lula e seus R$ 40 milhões de propina

Marcelo Odebrecht detalha esquema de financiamento de "demandas" do ex-presidente da República

Em depoimento ao juiz Sergio Moro, o empreiteiro Marcelo Odebrecht revelou como foi criado o esquema clandestino de financiamento das demandas do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva no famoso “Departamento de Operações Estruturadas” da empreiteira. 

Além de confirmar que “Amigo” era mesmo o codinome de Lula no sistema, o empreiteiro revelou que, logo depois de o petista deixar o poder, em dezembro de 2010, ele combinou com o ex-ministro Antonio Palocci a reserva de 40 milhões de reais em propinas para atender “demandas de Lula” (ouça a gravação a partir do minuto 20).

_Tinha um saldo de uns 40 milhões [na conta do PT com a Odebrecht]. Aí o que eu combinei com o Palocci? Vai mudar o governo, vai  entrar a Dilma […] A gente sabia que ia ter demandas de Lula, por uma questão do instituto, para outras coisas. Então o que a gente disse foi o seguinte: ‘Vamos provisionar uma parte desse saldo, e então botamos 35 milhões no saldo amigo, que é Lula, para uso que fosse orientação de Lula, porque a gente entendia que Lula ainda ia ter influência no PT’”, disse Marcelo Odebrecht a Moro na segunda-feira. “Como era uma relação nossa com a Presidência (da República), PT, com Lula, tudo se misturava. Então a gente botou 40 milhões para atender demandas que viessem de Lula_, complementou Odebrecht.

Leia a íntegra desta matéria no site http://veja.abril.com.br

12.04
10:48

Na lista de Fachin, Garibaldi “abre” sigilos bancário, fiscal e telefônico

Ao estilo “quem não deve não teme”, o senador Garibaldi Filho (PMDB-RN) se disse “surpreso” com a inclusão do seu nome na lista de investigados do ministro Fachin, no STF, e “abriu” seus sigilos bancário, telefônico e fiscal à Justiça para “esclarecimentos”.

Veja a nota do senador: "O senador Garibaldi Filho se declara surpreso com a notícia de inclusão do seu nome nas notícias de delações e, ao mesmo tempo em que nega tais suspeitas, põe-se à disposição da Justiça para quaisquer esclarecimentos, inclusive disponibilizando os sigilos bancário, fiscal e telefônico, e espera agilidade na apuração e responsabilidade na distinção entre doações lícitas e sem qualquer contrapartida das doações irregulares".
12.04
05:57

Rosalba emite nota e garante nunca ter recebido doação feita pela Odebrecht

A prefeita Rosalba Ciarlini emite nota sobre a inclusão do seu nome na lista do ministro Édson Fachin, relator da operação Lava Jato no Supremo Federal. Em nota, ela afirma que jamais recebeu doação da Construtora Odebrecht, durante o mandato de governadora do RN.

A nota oficial - "A respeito da matéria do jornal o Estado de São Paulo, a prefeita Rosalba Ciarlini esclarece que nunca recebeu doação de campanha da Odebrecht nem durante seu período no Governo do estado do Rio Grande do Norte contratou qualquer obra ou serviço com essa empresa ou o grupo e também não recebeu deles qualquer benefício ou favor.

Isso, por si só, prova a completa improcedência da referência a seu nome"
12.04
00:37

Brasil em “chama” com lista de Fachin

Delação do fim do mundo” pega cinco políticos do RN

A política “pega fogo” no Brasil com a divulgação pelo ministro Edson Fachin, relator da Lava Jato no STF, da lista de políticos a serem investigados pela Corte, após delações da Odebrecht.

Do Rio Grande do Norte, além do governador Robinson Faria (PSD), outros quatro políticos foram incluídos no lista de Fachin; Rosalba Ciarlini (prefeita de Mossoró); os senadores Garibaldi Filho (PMDB e José Agripino (DEM) e o deputado Felipe Maia (DEM).

Veja a lista de Fachin:
  • Aécio Neves, senador (PSDB-MG)
  • Antônio Anastasia, senador (PSDB-MG)
  • Alfredo Nascimento, deputado (PR-AM)
  • Milton Monti, deputado (PR-SP)
  • Aloysio Nunes, senador (PSDB-SP)
  • Arlindo Chinaglia, deputado (PT-SP)
  • Arthur Maia, deputado (PPS-BA)
  • Bruno Araújo, ministro das Cidades (PSDB-PE)
  • Carlos Zarattini, deputado (PT-SP)
  • Cândido Vaccarezza, deputado (ex-PT-SP)
  • Guido Mantega, ex-ministro da Fazenda (PT)
  • Eduardo Braga, senador (PMDB-AM)
  • Omar Aziz, senador (PSD-AM)
  • Cacá Leão, deputado (PP-BA)
  • Cássio Cunha Lima, senador (PSDB-PB)
  • Celso Russomanno, deputado (PRB-SP)
  • Ciro Nogueira, senador (PP-PI)
  • Dalírio Beber, senador (PSDB-SC)
  • Napoleão Bernardes, prefeito de Blumenau (PSDB-SC)
  • Daniel Elias Carvalho Vilela, deputado (PMDB-GO)
  • Maguito Vilela, ex-governador de Goiás (PMDB)
  • Daniel Gomes de Almeida, deputado (PCdoB-BA)
  • Décio Nery de Lima, deputado (PT-SC)
  • Ana Paula Lima, deputada estadual (PT-SC)
  • Edison Lobão, senador (PMDB-MA)
  • Eliseu Padilha, ministro-chefe da Casa Civil (PMDB-RS)
  • Moreira Franco, secretário-geral da Presidência (PMDB-RJ)
  • Fábio Faria, deputado (PSD-RN)
  • Robinson Faria, governador do Rio Grande do Norte (PSD)
  • Rosalba Ciarlini, prefeita de Mossoró (PP-RN)
  • Fernando Collor de Mello, senador (PTC-AL)
  • Fernando Bezerra, senador (PSB-PE)
  • Gilberto Kassab, ministro das Comunicações (PSD-SP)
  • Heberte Lamarck Gomes da Silva (Betinho Gomes), deputado federal (PSDB-PE)
  • José Feliciano de Barros Júnior, advogado
  • José Ivaldo Gomes (Vado da Farmácia), ex-prefeito de Cabo do Santo Agostinho (PTB-PE)
  • Helder Barbalho, ministro da Integração Nacional (PMDB-PA)
  • Paulo Roberto Galvão da Rocha, senador (PT-PA)
  • Heráclito Fortes, deputado (PSB-PI)
  • Humberto Costa, senador (PT-PE)
  • Ivo Cassol, senador (PP-RO)
  • João Carlos Gonçalves Ribeiro, ex-secretário de Planejamento de Rondônia
  • João Carlos Paolilo Bacelar Filho, deputado (PR-BA)
  • Jorge Viana, senador (PT-AC)
  • Tião Viana, governador do Acre (PT)
  • José Carlos Aleluia, deputado (DEM-BA)
  • José Carlos Becker de Oliveira e Silva (Zeca Dirceu), deputado (PT-PR)
  • José Dirceu, ex-ministro-chefe da Casa Civil
  • José Orcírio Miranda dos Santos (Zeca do PT), deputado (PT-MS)
  • Blairo Maggi, ministro da Agricultura (PP)
  • José Reinaldo Carneiro Tavares, deputado (PSB-MA)
  • Ulisses César Martins de Sousa, ex-procurador-geral do Estado do Maranhão
  • Renan Calheiros, senador (PMDB-AL)
  • Renan Calheiros Filho, governador do Alagoas (PMDB)
  • Fernando Bezerra de Sousa Coelho, senador (PSB-PE)
  • Júlio Lopes, deputado (PP-RJ)
  • Jutahy Magalhães Júnior, deputado (PSDB-BA)
  • Kátia Abreu, senadora (PMDB-TO)
  • Moisés Pinto Gomes, marido da senadora Kátia Abreu
  • Lídice da Mata, senadora (PSB-PE)
  • Lindberg Farias, senador (PT-RJ)
  • Marco Maia, deputado (PT-RS)
  • Eliseu Padilha, ministro-chefe da Casa Civil (PMDB)
  • Humberto Kasper, ex-presidente da Trensurb
  • Marco Arildo Prates da Cunha, ex-presidente da Trensurb
  • Paulo Bernardo Silva, ex-ministro do Planejamento (PT)
  • Marcos Antônio Pereira, ministro da Indústria, Comércio e Serviços (PRB-ES)
  • Maria do Rosário Nunes, deputada (PT-RS)
  • Mário Negromonte Júnior, deputado (PP-BA)
  • Milton Monti, deputado (PR-SP)
  • Valdemar da Costa Neto, ex-deputado (PR-SP)
  • Nelson Pellegrino, deputado (PT-BA)
  • Ônix Lorenzoni , deputado (DEM-BA)
  • Paulo Henrique Ellery Lustosta da Costa, deputado (PP-CE)
  • Paulo Pereira da Silva, deputado (SD-SP)
  • Pedro Paulo Carvalho Teixeira, deputado (PMDB-RJ)
  • Eduardo Paes, ex-prefeito do Rio de Janeiro (PMDB)
  • Ricardo Ferraço, senador (PSDB-ES)
  • Rodrigo Maia, deputado (DEM-RJ)
  • César Maia, ex-prefeito do Rio de Janeiro (DEM)
  • Rodrigo Garcia, deputado (DEM-SP)
  • Romero Jucá Filho, senador (PMDB-RR)
  • Eunicio Oliveira, senador (PMDB-CE)
  • Lúcio Quadros Vieira Lima, deputado (PMDB-BA)
  • Rodrigo Maia, deputado (DEM-RJ)
  • Rodrigo Jucá, advogado e filho de Romero Jucá (PSD-RR)
  • Valdir Raupp, senador (PMDB-RO)
  • Vander Loubet, deputado (PT-MS)
  • Vanessa Grazziotin, senadora (PCdoB-AM)
  • Eron Bezerra, marido da senadora Vanessa Grazziotin
  • Vicente Cândido, deputado (PT-SP)
  • Vicente Paulo da Silva, deputado (PT-SP)
  • Vital do Rêgo Filho, ministro do Tribunal de Contas da União (TCU)
  • Yeda Rorato Crusius, deputada (PSDB-RS)

  •  

  • Fora do STF

  • Dezenas de outros inquéritos foram enviados por Fachin a outros tribunais porque os envolvidos não têm direito a foro no Supremo Tribunal Federal, como os governadores de estado, que têm de ser julgados pelo Superior Tribunal de Justiça.

  • Nesta lista estão, entre outros, os governadores de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), de Minas Gerais, Fernando Pimentel (PT), do Rio, Luiz Fernando Pezão (PMDB), e do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB).

  • Na lista também está o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB) e o ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad (PT), que precisam ser julgados na primeira instância, ou seja, pela Justiça Federal de São Paulo.

  • Confira a lista:

  • Abelardo Lupion, ex-deputado federal (DEM)
  • Adolfo Viana de Castro Neto, deputado estadual (PSDB-BA)
  • Adrian Mussi, suplente de deputado (PHS-RJ)
  • Agnelo Queiroz, ex-governador (PCdoB-DF)
  • Alcebíades Sabíno dos Santos
  • Aldemir Bendine, ex-presidente do Banco do Brasil e Petrobras
  • André Gustavo Vieira da Silva, publicitário
  • Alexandre Padilha, ex-ministro da Saúde (PT-SP)
  • Aloísio dos Santos Júnior
  • Aloizio Mercadante, ex-ministro (PT-SP)
  • Aluísio Teles Ferreira Filho, ex-diretor da Petrobras
  • Anderson Braga Dorneles, ex-assessor de Dilma
  • André de Souza
  • Andréia Légora, afilhada de Eduardo Cunha
  • Helil Cardozo (PMDB-RJ)
  • Anthony Garotinho, ex-governador do Rio (PR-RJ)
  • Antônio Carlos de Campos Machado, deputado estadual (PTB-SP)
  • Antônio Carlos Magalhães Neto, prefeito de Salvador (DEM-BA)
  • Antônio Duarte Nogueira Júnior, prefeito de Ribeirão Preto (PSDB-SP)
  • Antônio Egício Rufino de Carvalho, candidato a vereador de Uruguaina (PSDB-RS)
  • Antônio Palocci Filho, ex-ministro da Fazenda (PT-SP)
  • Arthur Virgílio, prefeito de Manaus (PSDB-AM)
  • Benjamin Steinbruch, empresário
  • Carlito Merss, ex-deputado federal (PT-SC)
  • Carlos Alberto Grana , ex-prefeito (PT-SP)
  • Beto Richa, governador do Paraná (PSDB-PR)
  • Carlos Busatto Júnior, prefeito de Itaguaí-RJ (PMDB-RJ)
  • Carlos Chagas
  • Carlinhos Almeida, ex-prefeito de São José dos Campos (PT-SP)
  • Carlos Roberto Casteglione Dias, ex-prefeito de Cachoeiro do Itapemirim (ES)
  • Carlos Lupi, ex-ministro do Trabalho (PDT-RJ)
  • Clécio Luís Vilhena Vieira, prefeito de Macapá (PSOL-AP)
  • Colbert Martins da Silva Filho, vice-prefeito de Feira de Santana-BA (PMDB)
  • Cristina Conceição Bredda Carrara, prefeita de Sumaré-SP (PSDB-SP)
  • Delcídio do Amaral, ex-senador, sem partido
  • Demerval da Fonseca
  • Demóstenes Torres, ex-deputado federal (DEM)
  • Diga Salomão
  • Dilma Rousseff, ex-presidente da República (PT)
  • Donisete Braga, ex-prefeito de Mauá (PT-SP)
  • Edinho Silva, prefeito de Araraquara (PT-SP)
  • Edson Aparecido dos Santos, ex-deputado federal (PSDB-SP)
  • Eduardo Celso de Araújo Marinho
  • Eduardo Cunha, ex-deputado federal (PMDB-RJ)
  • Eduardo Paes, ex-prefeito do Rio (PMDB-RJ)
  • Eliseu Daniel, ex-candidato a prefeito de Limeira (PSDB-SP)
  • Eronildes Teixeira de Queiroz
  • Estilac Martins Rodrigues Xavier, conselheiro do TCE-RS
  • Everaldo Dias Pereira (pastor Everaldo), ex-candidato a presidente (PSC-RJ)
  • Fábio Cleto, ex-diretor da Caixa
  • Felipe Montoro Jens
  • Fernando Antônio Falcão Soares, Fernando Baiano, operador do PMDB
  • Fernando Capez, deputado estadual (PSDB-SP)
  • Fernando Pimentel, governador de MG (PT-MG)
  • Fernando Haddad, ex-prefeito de São Paulo (PT-SP)
  • Fernando Henrique Cardoso, ex-presidente da República ( PSDB-SP)
  • Firmino da Silveira Soares Filho
  • Flávio Dino, governador do Maranhão PCdoB-MA)
  • Francisco Azambuja Barbará, suplente de vereador em Uruguaiana (PSDB-RS)
  • Francisco Chaves
  • Francisco de Assis Pereira de Campos, deputado estadual (PT-SP)
  • Waldir Pires, vereador de Salvador (PT-BA)
  • Frederico Cantoni Antunes
  • Geddel Vieira Lima, ex-ministro PMDB-BA)
  • Geraldo Alves Ferreira Júnior, vereador de Salvador (SD-BA)
  • Geraldo Alckmin, governador de São Paulo (PSDB-SP)
  • Geraldo Simões de Oliveira, ex-deputado federal (PT-BA)
  • Germano Rigotto, ex-governador do Rio Grande do Sul (PMDB)
  • Gleise Hoffmann, senadora (PT-PR)
  • Guido Mantega, ex-ministro da Fazenda (PT-SP)
  • Gustavo Falcão Soares, irmão de Fernando Baiano
  • Hélio de Oliveira dos Santos, Dr. Hélio, ex-prefeito de Campinas ( PDT-SP)
  • Henrique Alves, ex-ministro do Turismo (PMDB-RN)
  • Henrique Santana Carballal, vereador de Salvador (PV-BA)
  • Hugo Napoleão, ex-senador (PSD-PI)
  • Humberto Costa, senador (PT-PE)
  • Ideli Salvatti, ex-senadora (PT-SC)
  • IIson Mauro da Silva Brum, ex-candidata a prefeito de Uruguaiana (PMDB-RS)
  • Inaldo Leitão, ex-deputado federal (PL-PB)
  • Iris Rezende, prefeito de Goiânia (PMDB-GO)
  • Jairo Jorge da Silva, ex-prefeito de Canoas (PDT-RS)
  • Jaison Cardoso Souza, ex-prefeito de Imbituba (PSDB-SC)
  • Jaques Wagner, ex-governador da Bahia (PT-BA)
  • Jean Jackson Kuhlmann, deputado estadual (PSDB-SC)
  • Jean Vieira de Lima
  • João Almeida dos Santos, ex-deputado federal (PSDB-BA)
  • João Santana, marqueteiro
  • João Leão, vice-governador da Bahia (PP)
  • João Paulo Cunha, ex-deputado federal (PT-SP)
  • João Paulo Rillo, deputado estadual (PT-SP)
  • Raimundo Colombo, governador de Santa Catarina (PSD)
  • João Vaccari Neto, ex-tesoureiro do PT
  • Jonas Lopes de Carvalho, conselheiro do TCE-RJ
  • Gim Argello, ex-senador (PTB-DF)
  • Jorge Bittar, ex-deputado federal (PT-RJ)
  • Jorge Khoury, ex-deputado federal (DEM-BA)
  • Jorge Picciani, presidente da Assembleia Legislativa do Rio (PMDB-RJ)
  • José Aníbal, ex-senador (PMDB-SP)
  • José Antônio Barros Munhoz, ex-deputado estadual (PSDB)
  • José Eduardo Siqueira Campos, ex-senador (DEM-TO)
  • José Genoíno, ex-deputado federal (PT-SP)
  • José Marcelo do Nascimento Nilo, deputado estadual (PSL-BA)
  • Jose Maria Eymael,ex-deputado federal (PSDC-SP)
  • José Ricardo Franco Montoro, ex-deputado estadual (PSDB-SP)
  • José Roberto Arruda, ex-governador do DF (PR)
  • José Severiano Chaves, ex-deputado (PTB-PE)
  • Josefina Soares Bruggemann, vereadora (PP-RS)
  • Juçara Feitosa de Oliveira, suplente de senador (PT-BA)
  • Jussara Osório de Almeida, ex-vereadora (/Rede-RS)
  • Laurez da Rocha Moreira, prefeito (PSB-TO)
  • Lázaro Noé da Silva, candidato derrotado a prefeito (PPS)
  • Valtimir Ribeirão, candidato derrotado a prefeito (PMDB-SP)
  • Leur Antônio de Brito Lomanto Júnior, deputado estadual (PMDB-BA)
  • Luciano Santos Rezende, prefeito (PPS-ES)
  • Lúdio Frank Mendes Cabral, ex-vereador (PT-MT)
  • Luis Cláudio Lula da Silva, filho de Lula (SP)
  • Luiz Inácio Lula da Silva, ex-presidente (PT-SP)
  • Luiz Augusto Fuhrmann Schneider, prefeito (PSDB-RS)
  • Luiz Eduardo Melin de Carvalho e Silva, ex-diretor do BNDES
  • Luiz Fernando Pezão, governador do Rio (PMDB)
  • Luiz Marinho, ex-prefeito de São Bernardo do Campo (PT)
  • Luiz Paulo Vellozo Lucas, ex-deputado federal (PSDB-ES)
  • Luiz Roberto de Albuquerque, depuado federal (PSB-RS)
  • Lusenrique Quintal, empresário (PSD)
  • Manuela d’Ávila, deputada federal (PCdoB-RS)
  • Marcelo Miranda, governador do Tocantins ( PMDB)
  • Marcelo de Lima Lélis, ex-deputado estadual (PV-TO)
  • Márcio Araújo de Lacerda, ex-prefeito (PSB-MG)
  • Marconi Perillo, governador de Goiás (PSDB)
  • Maria da Conceição Caldas Rabha, ex-prefeita (PT-BA)
  • Mário de Melo Kertesz, ex-prefeito (PMDB-BA)
  • Mário Negromonte, ex-ministro das Cidades (PP-BA)
  • Mariton Benedito de Holanda, ex-deputado federal (PT-RO)
  • Dermeval Fonseca Nevoeiro Junior, candidato derrotado a prefeito (DEM-SP)
  • Nilson Bonome, candidato derrotado a prefeito (PMDB-SP)
  • Osmar Dias, ex-senador (PDT-PR)
  • Oswaldo Baptista Duarte Filho, ex-prefeito de São Carlos-SP (PT)
  • Othon Luiz da Silva Pinheiro, ex-presidente da Eletronuclear
  • Palminio Altimari Filho, ex-prefeito (PMDB-SP)
  • Paulo Altomani, ex-prefeito de São Carlos-SP (PT)
  • Paulo Bernardo, ex-ministro (PT-PR)
  • Paulo César de Melo Sá, deputado estadual (PMDB-RJ)
  • Paulo Hartung, governador do Espírito Santo (PMDB)
  • Paulo Ferreira, ex-deputado federal (PT-SP)
  • Paulo Hadish, ex-prefeito (PSB-SP)
  • Paulo Magalhães Júnior, vereador (PV-BA)
  • Paulo Roberto Costa, ex-diretor da Petrobras
  • Paulo Rubem Santiago Ferreira, ex-deputado federal (PSOL-PE)
  • Paulo Sérgio de Sá Bittencourt Câmara, vereador (PSDB-BA)
  • Paulo Skaf, presidente da Fiesp (PMDB)
  • Paulo Okamotto, presidente do Instituto Lula (PT)
  • Pedro Barusco, ex-gerente da Petrobras
  • Pedro Eurico de Barros e Silva, candidato derrotado a deputado federal (PSDB-PE)
  • Pedro Ramos de Miranda, assessor do ex-governador do Rio Sérgio Cabral (PMDB)
  • Raimundo Coimbra Júnior, ex-deputado federal (PMDB-TO)
  • Renata Anchão Braga, ex-prefeita (PSDB-SP)
  • Renato Casagrande, ex-governador do Espírito Santo (PSB-ES)
  • Ricardo Fortunato de Oliveira, ex-prefeito (PMDB-GO)
  • Riverton Mussi Ramos, ex-prefeito (PMDB-RJ)
  • Robério Bandeira de Negreiros Filho, deputado distrital (PMDB-DF)
  • Roberto Carlos de Souza, ex-prefeito (PSDB-SC)
  • Roberto Massafera, deputado estadual (PSDB-SP)
  • Rogerio Pascon, prefeito (PTB-SP)
  • Ronaldo Dimas, prefeito (PR-TO)
  • Ronnie Peterson Colpo Mello, prefeito (PP-RS)
  • Rosângela Garotinho, ex-governadora do Rio (PR-RJ)
  • Rosely Nassim Jorge Santos
  • Rubens Merguizo Filho, prefeito (PMDB-SP)
  • Rubens Moreira Mendes Filho, ex-deputado federal (PSD-RO)
  • Saldanha Leivas Cougo, candidato derrotado a deputado federal (PRB-SP)
  • Sandoval Lôbo Cardoso, ex-governador do Tocantins (SD)
  • Sandro Antonio Scodro, ex-deputado federal (PMDB-GO)
  • Sebastião Almeida, ex-prefeito de Guarulhos-SP (PDT)
  • Sérgio Cabral, ex-governador do Rio (PMDB)
  • Tiago Brandão Correia, vereador (PTN-BA)
  • Valmir Queiroz Mariano, ex-prefeito (PSD-PA)
  • Vanessa Damo, ex-deputada estadual (PMDB-SP)
  • Wayner Fajardo Gasparello, secretário municipal de Obras do Rio
  • Wilma Faria, vereadora (PT do B-RN)
  • Wilson Carlos Cordeiro, ex-secretário municipal de Governo do Rio
10.04
19:02

Caern pode adotar "telemarketing" para dar apoio à Liga do Câncer de Mossoró

Empresa captaria R$ 2,00 de clientes e repassaria à LMECC, conforme reunião entre representantes da entidade e a secretária Juliane Fernandes

A secretária titular da SETHAS, Julianne Faria, recebeu hoje, em Natal, Emiliano da Costa Pereira e Vanuza Brito, representantes da Liga de Combate ao Câncer de Mossoró.

Na oportunidade foram discutidas maneiras de o Governo do Estado, apoiar a entidade mossoroense.

_Sugeri parceria com a Caern para doações de R$ 2 na conta de água, vamos conversar com o Ipem para que parte das multas sejam revertidas em compra de equipamentos para a Liga, além de convênio com a Sethas e acompanharei os repasses junto à Secretária de Saúde, para evitar atrasos_, disse a secretária.

Os dirigentes da Liga de Combate ao Câncer foram acompanhados pela presidente da Câmara Municipal de Mossoró, vereadora Izabel Montenegro, que articulou o encontro.

Juliane Faria anunciou que em maio estará em Mossoró, quando visitará a Liga de Combate ao Câncer, ao lado do governador Robinson Faria. (Com informações do Blog do Jornalista Carlos Skarlack).
10.04
18:47

Ufersa abre inscrições para II Fórum de Aplicativos Educativos, em Angicos

Estão abertas as inscrições para o II Fórum de Aplicativos Educativos do Instituto GeoGebra do Rio Grande do Norte. O evento ocorrerá no período de 20 a 22 de junho de 2017, na Ufersa em Angicos. Este ano o Fórum vai discutir o tema “Desenvolver, aplicar e socializar as ações educativas”. 

O público-alvo do evento são estudantes, professores e demais interessados em estudar a construção de atividades por meio de aplicativos educativos.

O evento é uma realização do Instituto GeoGebra do Rio Grande do Norte com o apoio dos discentes e docentes da Ufersa. “Nosso objetivo é apresentar propostas com ações educativas desenvolvidas com o intuito de facilitar a aprendizagem de conteúdos das diversas disciplinas tanto do ensino superior quanto da educação básica”, enfatizou o coordenador do evento, Ricardo Antonio Faustino Braz.

Pelo cronograma, as inscrições seguem até o dia 30 de abril. (Fonte: Secom Ufersa).
09.04
20:19

Com 57% dos votos, Isolda bate "velha guarda" e presidirá PT em Mossoró

Por 214 votos, o que corresponde a 57% dos votos válidos, a vereadora Isolda Dantas foi eleita, neste domingo (9), a nova presidente do Diretório do PT de Mossoró. 

O candidato Nélson Gregório, atual presidente da legenda, obteve 82 votos, enquanto o candidato Valmir Alves, ex-presidente da legenda, alcançou 79 votos.

O mandato de Isolda será de três anos, podendo ser renovado. A data de sua posse ainda será marcada e anunciada pelo partido. A vereadora teve o apoio da senadora Fátima Bezerra.
09.04
19:10

Assu bate Globo, assume vice-liderança e complica vida do Potiguar no Estadual

O adversário do ABC na decisão do segundo turno do Estadual será definido na última rodada, a ser disputada no meio da semana. O Assu assumiu a vice-liderança do turno ao vencer o Globo por 1 a 0 neste domingo (9), em Ceará-Mirim, chegado aos 12 pontos ganhos, dois a menos que o ABC, com 15 pontos.

O Potiguar caiu para o terceiro lugar com 11 pontos. Para chegar a decisão, o Time precisará vencer o Santa Cruz, quarta-feira (12), na Arena das Dunas, e torcer por uma derrota e/ou empate do Assu contra o América, no Edgarzão. Portanto, o Alvirrubro não depende mais somente de suas forças para ir à final da Copa RN.

Já o América, fará o jogo do “desesperado” contra o Assu. Se não ganhar o jogo, i Alvirrubro natalense ficará sem a vaga à Série D do Brasileirão de 2018, onde já esta este ano. Assim, o Clube ficaria na obrigação avançar à Série C. Do contrário, O América pode se tornar um “time fora de série” na temporada de 2018.

A rodada - Os resultados da 6ª rodada foram: Potiguar 3, ABC 2; América 3, Baraúnas 3. Alecrim 0, Santa Cruz 1; e Glovo 0, Assu 1.
09.04
11:14

PT elege nova Diretoria em Mossoró e três chapas disputam votos de filiados

Gilberto Diógenes aposta na vitória da vereadora Isolda

A Partido dos Trabalhadores elege neste domingo (9) os novos dirigentes dos diretórios nacional, estaduais e municipais. Em Mossoró, três chapas disputam cerca de 600 votos dos filiados.

As chapas têm como candidatos a presidente a vereadora Isolda Dantas, Nélson Gregório (atual presidente petista) e Valmir Alves. A votação ocorre durante o dia e o resultado da eleição sairá no fim da tarde de hoje.

O sindicalista Gilberto Diógenes, em rápido contato com o Blog, sinalizou para a vitória de Isolda.“A vereadora Isolda vai ser eleita a nova presidente do PT em Mossoró”, profetizou o líder sindical e ex-dirigente petista.
09.04
10:56

Governo do RN chama 797 professores

O Governo do Estado, por meio da Secretaria da Educação e da Cultura, convocou 797 professores para compor o quadro efetivo da Rede Estadual de Educação. A lista dos convocados está publicada no Diário Oficial deste sábado (8). 

Com a publicação chegou a 4.200 o números de profissionais convocados desde o início de 2015.

Os professores, que serão encaminhados para as escolas espalhadas por todo o RN, atuarão em várias áreas do conhecimento, como linguagem, matemática, ciências da natureza e humanas, na educação especial, e terão 30 dias para se apresentar, contando a partir da data de nomeação.
07.04
12:16

Os Alves Garibaldi, Henrique e Walter; Agripino e Felipe Maia são investigados

Políticos do PT e do PC do B também são citados pelo ministro Fachin

O ministro Edson Fachin, relator da Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF), autorizou que “fatos potencialmente criminosos” atribuídos na delação do ex-presidente da Transpetro Sérgio Machado a três senadores e quatro deputados federais sejam juntados a um inquérito que já tramita no STF, a pedido da Procuradoria-Geral da República (PGR), e também determinou que as citações a cinco ex-parlamentares sejam encaminhadas ao juiz Sérgio Moro, da 13ª Vara Federal de Curitiba.

A decisão abre a possibilidade de a PGR investigar os senadores Valdir Raupp (PMDB-TO), Garibaldi Alves Filho (PMDB-RN) e Agripino Maia (DEM-RN), e os deputados federais Walter Alves (PMDB-RN), Felipe Maia (DEM-RN), Jandira Feghali (PCdoB-RJ) e Luiz Sergio (PT-RJ), no âmbito de um procedimento de investigação já em andamento contra o senador Renan Calheiros (PMDB-AL) e o deputado federal Aníbal Gomes (PMDB-CE), em que se apuram supostos crimes praticados em relação com a Transpetro e a Petrobras.

Em tempo1_ O ex-deputado e ex-ministro Henrique Alves (PMDB-RN) também aparece na lista de Edson Fachin.

Em tempo 2_ Os políticos são citados em suposto recebimento de doações eleitorais ilegais . Em notas, eles dissem que as doações são legais e declaradas à Justiça Eleitoral, sendo aprovadas na Corte. 
07.04
11:52

Prefeita Rosalba sanciona Lei que recria Secretaria de Cultura e define para pasta

A prefeita Rosalba Ciarlini sanciona na manhã desta sexta-feira, 07, a Lei que recriou a Secretaria Municipal de Cultura. O projeto lei de autoria do Executivo foi aprovado à unanimidade pela Câmara Municipal de Mossoró ( CMM).

A prefeita indicou o arquiteto Eduardo Falcão para assumir o cargo. A principal ação da Secretaria da Cultura será a realização do Mossoró Cidade Junina, no mês de junho.
07.04
10:57

RN ganha plano de desenvolvimento com de 3 anos atraso e “viés eleitoral”

Quando se diz que o atual governo do Rio Grande do Norte ainda não disse a que veio, não há exagero nesta afirmação. Somente agora, após dois anos e três meses de gestão, é que o governador Robinson Faria (PSD) descobre algo “banal” numa administração pública: o RN precisa de um Plano Estratégico de Desenvolvimento.

Desta forma, o governo apresenta o “inédito” plano de planejamento para o Estado. O plano, conforme o documento, envolve cinco áreas estratégicas: Micrologística do Transporte de Cargas, Desenvolvimento Industrial, Energia, Telecomunicações e Tecnologia da Informação e Capacitação do Capital Humano.

De acordo com o governo, os estudos que resultaram no documento foram elaborados no âmbito da “Governança Inovadora”, considerada o principal projeto de modernização da gestão pública no RN. Para o secretário de Planejamento, Gustavo Nogueira, o plano insere o RN num novo patamar de desenvolvimento.

O que dizerPra mim, o plano chega tarde demais e mostra, claramente, a inoperância do atual governo. Todavia, há de se considerar o lado político da ação. Neste aspecto, o plano tem “peso”, sim, pois servirá de “elixir eleitoral” para o atual governador, que anda mal das pernas e de avaliação sofrível pela população.
06.04
19:40

Gestão de Silveira Jr “some” com R$ 1,2 milhão da Apamim, revela Procuradora

Em audiência na Justiça (foto), Karina Ferreira revela que verba entrou no cofre da Prefeitura em 2016, mas a municipalidade não sabe destino do dinheiro

Um “mistério”. R$ 1.209.669,59 simplesmente evaporaram da conta da Prefeitura de Mossoró. O dinheiro chegou ao Município em 2016 e deveria ter sido repassado pela gestão do então prefeito Francisco José Júnior (PSD) à Apamim. Todavia, a verba simplesmente desapareceu do cofre da Municipalidade.

A revelação foi feita pela Procuradora Geral do Município, Karina Ferreira, durante audiência na Justiça em que a Prefeitura firmou acordo para parcelamento da dívida com a Apamim, R$ 771.668,59 de um total de R$ 1.200.668,59. Parte desse valor, R$ 438.000,00, havia sido abatido  por meio de bloqueio judicial. 

A dívida com a Apamim, relativa aos meses de novembro e dezembro de 2016, será quitada pela Municipalidade em 15 parcelas de R$ 51.444,64, a partir do mês de junho de 2017. A Prefeitura também negociou dívidas com cooperativas médicas, referente aos dois últimos anos de 2016, herdadas da gestão passada.

Para as cooperativas médicas, segundo acordo na Justiça Federal, a Prefeitura depositará R$ 805.054,87 no dia 24 de março, referentes a dívidas de dezembro, e pagará a produção dos meses de janeiro e fevereiro, num total de R$ 1.522.664,43, em 15 parcelas de R$ 101.510.962,00, a cada dia 24 do mês.
06.04
19:29

Câmara debate em audiência pública tema da Campanha da Fraternidade

Vereadora Sandra Rosado alerta para disertificação

A Câmara Municipal de Mossoró realizou, na manhã desta quinta (06/04), audiência pública para discutir a Campanha da Fraternidade de 2017, que tem como tema “Biomas Brasileiros e Defesa da Vida”. 

A proposição da audiência foi da vereadora Sandra Rosado (PSB), que destacou a importância do tema para o RN. 

_O Rio Grande do Norte possui uma das maiores áreas de desertificação do Brasil. A região do Seridó, uma área que abrange cinco municípios e atinge 85% da população do Seridó, se transformou em deserto. Temos que encontrar um modelo de sustentabilidade_, justificou Sandra.

06.04
10:47

Francisco Carlos defende atualização do cadastro para a distribuição de insulina

A ideia pretende evitar que pessoas de outras cidades recevem medicamento pago pela Prefeitura de Mossoró

O vereador professor Francisco Carlos (PP) sugeriu que seja feita uma atualização mais aprofundada do cadastro de distribuição de insulina Lantus, em Mossoró. A ideia pretende evitar que pessoas de outras cidades, ou até mesmo que tenham condições para adquirir o medicamento, tenham acesso ao benefício destinado aos mossoroenses portadores de diabetes.

O tema foi amplamente debatido na sessão ordinária desta terça-feira, 4, na Câmara Municipal de Mossoró, após um grupo de mães de pacientes solicitarem a regularização na distribuição do medicamento. Recentemente, a Prefeitura de Mossoró adquiriu lote emergencial de insulina, e abriu processo licitatório para abastecimento ao longo do ano.

No processo emergencial foram investidos mais de R$ 170 mil, dos quais R$  120 mil foram recursos desbloqueados pela Justiça, a pedido da Procuradoria Geral do Município (PGM).
06.04
10:35

Feira de Livros da Cooperativa Cultural movimenta UFRN até esta sexta-feira, 7

A Feira de Livros da Cooperativa Cultural, edição 2017, segue aberta ao público das 9h às 21h, até esta sexta-feira, 7, no Centro de Convivência do Campus da UFRN, em Natal.

A feira oferece estandes de editoras, sebos e vasta programação cultural. O evento marca a abertura das comemorações dos 40 anos da Cooperativa Cultural.


Agenda - Na manhã desta quinta-feira, 6 de abril, acontece o relançamento de um livro raro sobre a história do Estado: “Holandeses no Seridó Colonial”, autoria de Olavo Medeiros Filho. 

Na parte da tarde, o Núcleo de Arte e Cultura da UFRN encena o Sarau Poético por alunos do Curso de Letras, e ainda haverá o lançamento de livros e exibição de curta-metragem.
06.04
10:18

Juiz Ricardo Cabral, de Currais Novos, lança livro focado no sistema prisional

Magistrado lança obra sobre temática nessa sexta-feira, 7
 
O juiz da Vara Criminal de Currais Novos, Ricardo Antonio Menezes Cabral Fagundes, está lançando nessa sexta-feira, 7 de abril, o livro “O Sistema Prisional Brasileiro Frente à Omissão Estatal e ao Estado de Coisas Inconstitucional”. 

Obra que é fruto de sua tese de Mestrado na UFRN e que será lançada conjuntamente com o livro de poemas, “Diálogos”, no Restaurante Santa Maria, localizado na Rua Rodolfo Garcia, 2147-C, no bairro de Lagoa Nova, entre as 15h e as 19h. 

Os dois livros são uma edição do Caravela Selo Cultural e serão vendidos, respectivamente, ao preço de R$ 70 e R$ 30.
06.04
09:36

Carlos Eduardo copia Robinson Faria e “depena” recursos dos aposentados

Câmara autoriza prefeito sacar R$ 204 milhões da NatalPrev

Os gestores públicos estão “brincando” com o dinheiro do cidadão. Depois de o Estado “quebrar” a sua previdência (raspando o tacho do Fundo Previdenciário), agora é a vez da Prefeitura de Natal.

Por autorização da Câmara Municipal natalense, o prefeito Carlos Eduardo (PDT) poderá sacar R$ 204 milhões da NatalPrev para pagar (pasmem) os próprios aposentados e pensionistas. Muito estranho.

É sempre assim. O pior nisso tudo é que os “exemplos” nefastos podem gerar o chamado “efeito dominó” e ser posto em prática nos demais municípios que já trabalham com a previdência própria.

De lascar!!!

© 2009 Gutemberg Moura - A notícia com credibilidade. Todos os direitos reservados

Desenvolvimento: Micael Melo