• Blog
  • Perfil
  • Política
  • Gerais
  • Imagens
  • Contato
Enquete


Nenhuma enquete.

Buscar
Untitled Document
07.04
12:16

Os Alves Garibaldi, Henrique e Walter; Agripino e Felipe Maia são investigados

Políticos do PT e do PC do B também são citados pelo ministro Fachin

O ministro Edson Fachin, relator da Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF), autorizou que “fatos potencialmente criminosos” atribuídos na delação do ex-presidente da Transpetro Sérgio Machado a três senadores e quatro deputados federais sejam juntados a um inquérito que já tramita no STF, a pedido da Procuradoria-Geral da República (PGR), e também determinou que as citações a cinco ex-parlamentares sejam encaminhadas ao juiz Sérgio Moro, da 13ª Vara Federal de Curitiba.

A decisão abre a possibilidade de a PGR investigar os senadores Valdir Raupp (PMDB-TO), Garibaldi Alves Filho (PMDB-RN) e Agripino Maia (DEM-RN), e os deputados federais Walter Alves (PMDB-RN), Felipe Maia (DEM-RN), Jandira Feghali (PCdoB-RJ) e Luiz Sergio (PT-RJ), no âmbito de um procedimento de investigação já em andamento contra o senador Renan Calheiros (PMDB-AL) e o deputado federal Aníbal Gomes (PMDB-CE), em que se apuram supostos crimes praticados em relação com a Transpetro e a Petrobras.

Em tempo1_ O ex-deputado e ex-ministro Henrique Alves (PMDB-RN) também aparece na lista de Edson Fachin.

Em tempo 2_ Os políticos são citados em suposto recebimento de doações eleitorais ilegais . Em notas, eles dissem que as doações são legais e declaradas à Justiça Eleitoral, sendo aprovadas na Corte. 
07.04
11:52

Prefeita Rosalba sanciona Lei que recria Secretaria de Cultura e define para pasta

A prefeita Rosalba Ciarlini sanciona na manhã desta sexta-feira, 07, a Lei que recriou a Secretaria Municipal de Cultura. O projeto lei de autoria do Executivo foi aprovado à unanimidade pela Câmara Municipal de Mossoró ( CMM).

A prefeita indicou o arquiteto Eduardo Falcão para assumir o cargo. A principal ação da Secretaria da Cultura será a realização do Mossoró Cidade Junina, no mês de junho.
07.04
10:57

RN ganha plano de desenvolvimento com de 3 anos atraso e “viés eleitoral”

Quando se diz que o atual governo do Rio Grande do Norte ainda não disse a que veio, não há exagero nesta afirmação. Somente agora, após dois anos e três meses de gestão, é que o governador Robinson Faria (PSD) descobre algo “banal” numa administração pública: o RN precisa de um Plano Estratégico de Desenvolvimento.

Desta forma, o governo apresenta o “inédito” plano de planejamento para o Estado. O plano, conforme o documento, envolve cinco áreas estratégicas: Micrologística do Transporte de Cargas, Desenvolvimento Industrial, Energia, Telecomunicações e Tecnologia da Informação e Capacitação do Capital Humano.

De acordo com o governo, os estudos que resultaram no documento foram elaborados no âmbito da “Governança Inovadora”, considerada o principal projeto de modernização da gestão pública no RN. Para o secretário de Planejamento, Gustavo Nogueira, o plano insere o RN num novo patamar de desenvolvimento.

O que dizerPra mim, o plano chega tarde demais e mostra, claramente, a inoperância do atual governo. Todavia, há de se considerar o lado político da ação. Neste aspecto, o plano tem “peso”, sim, pois servirá de “elixir eleitoral” para o atual governador, que anda mal das pernas e de avaliação sofrível pela população.
06.04
19:40

Gestão de Silveira Jr “some” com R$ 1,2 milhão da Apamim, revela Procuradora

Em audiência na Justiça (foto), Karina Ferreira revela que verba entrou no cofre da Prefeitura em 2016, mas a municipalidade não sabe destino do dinheiro

Um “mistério”. R$ 1.209.669,59 simplesmente evaporaram da conta da Prefeitura de Mossoró. O dinheiro chegou ao Município em 2016 e deveria ter sido repassado pela gestão do então prefeito Francisco José Júnior (PSD) à Apamim. Todavia, a verba simplesmente desapareceu do cofre da Municipalidade.

A revelação foi feita pela Procuradora Geral do Município, Karina Ferreira, durante audiência na Justiça em que a Prefeitura firmou acordo para parcelamento da dívida com a Apamim, R$ 771.668,59 de um total de R$ 1.200.668,59. Parte desse valor, R$ 438.000,00, havia sido abatido  por meio de bloqueio judicial. 

A dívida com a Apamim, relativa aos meses de novembro e dezembro de 2016, será quitada pela Municipalidade em 15 parcelas de R$ 51.444,64, a partir do mês de junho de 2017. A Prefeitura também negociou dívidas com cooperativas médicas, referente aos dois últimos anos de 2016, herdadas da gestão passada.

Para as cooperativas médicas, segundo acordo na Justiça Federal, a Prefeitura depositará R$ 805.054,87 no dia 24 de março, referentes a dívidas de dezembro, e pagará a produção dos meses de janeiro e fevereiro, num total de R$ 1.522.664,43, em 15 parcelas de R$ 101.510.962,00, a cada dia 24 do mês.
06.04
19:29

Câmara debate em audiência pública tema da Campanha da Fraternidade

Vereadora Sandra Rosado alerta para disertificação

A Câmara Municipal de Mossoró realizou, na manhã desta quinta (06/04), audiência pública para discutir a Campanha da Fraternidade de 2017, que tem como tema “Biomas Brasileiros e Defesa da Vida”. 

A proposição da audiência foi da vereadora Sandra Rosado (PSB), que destacou a importância do tema para o RN. 

_O Rio Grande do Norte possui uma das maiores áreas de desertificação do Brasil. A região do Seridó, uma área que abrange cinco municípios e atinge 85% da população do Seridó, se transformou em deserto. Temos que encontrar um modelo de sustentabilidade_, justificou Sandra.

06.04
10:47

Francisco Carlos defende atualização do cadastro para a distribuição de insulina

A ideia pretende evitar que pessoas de outras cidades recevem medicamento pago pela Prefeitura de Mossoró

O vereador professor Francisco Carlos (PP) sugeriu que seja feita uma atualização mais aprofundada do cadastro de distribuição de insulina Lantus, em Mossoró. A ideia pretende evitar que pessoas de outras cidades, ou até mesmo que tenham condições para adquirir o medicamento, tenham acesso ao benefício destinado aos mossoroenses portadores de diabetes.

O tema foi amplamente debatido na sessão ordinária desta terça-feira, 4, na Câmara Municipal de Mossoró, após um grupo de mães de pacientes solicitarem a regularização na distribuição do medicamento. Recentemente, a Prefeitura de Mossoró adquiriu lote emergencial de insulina, e abriu processo licitatório para abastecimento ao longo do ano.

No processo emergencial foram investidos mais de R$ 170 mil, dos quais R$  120 mil foram recursos desbloqueados pela Justiça, a pedido da Procuradoria Geral do Município (PGM).
06.04
10:35

Feira de Livros da Cooperativa Cultural movimenta UFRN até esta sexta-feira, 7

A Feira de Livros da Cooperativa Cultural, edição 2017, segue aberta ao público das 9h às 21h, até esta sexta-feira, 7, no Centro de Convivência do Campus da UFRN, em Natal.

A feira oferece estandes de editoras, sebos e vasta programação cultural. O evento marca a abertura das comemorações dos 40 anos da Cooperativa Cultural.


Agenda - Na manhã desta quinta-feira, 6 de abril, acontece o relançamento de um livro raro sobre a história do Estado: “Holandeses no Seridó Colonial”, autoria de Olavo Medeiros Filho. 

Na parte da tarde, o Núcleo de Arte e Cultura da UFRN encena o Sarau Poético por alunos do Curso de Letras, e ainda haverá o lançamento de livros e exibição de curta-metragem.
06.04
10:18

Juiz Ricardo Cabral, de Currais Novos, lança livro focado no sistema prisional

Magistrado lança obra sobre temática nessa sexta-feira, 7
 
O juiz da Vara Criminal de Currais Novos, Ricardo Antonio Menezes Cabral Fagundes, está lançando nessa sexta-feira, 7 de abril, o livro “O Sistema Prisional Brasileiro Frente à Omissão Estatal e ao Estado de Coisas Inconstitucional”. 

Obra que é fruto de sua tese de Mestrado na UFRN e que será lançada conjuntamente com o livro de poemas, “Diálogos”, no Restaurante Santa Maria, localizado na Rua Rodolfo Garcia, 2147-C, no bairro de Lagoa Nova, entre as 15h e as 19h. 

Os dois livros são uma edição do Caravela Selo Cultural e serão vendidos, respectivamente, ao preço de R$ 70 e R$ 30.
06.04
09:36

Carlos Eduardo copia Robinson Faria e “depena” recursos dos aposentados

Câmara autoriza prefeito sacar R$ 204 milhões da NatalPrev

Os gestores públicos estão “brincando” com o dinheiro do cidadão. Depois de o Estado “quebrar” a sua previdência (raspando o tacho do Fundo Previdenciário), agora é a vez da Prefeitura de Natal.

Por autorização da Câmara Municipal natalense, o prefeito Carlos Eduardo (PDT) poderá sacar R$ 204 milhões da NatalPrev para pagar (pasmem) os próprios aposentados e pensionistas. Muito estranho.

É sempre assim. O pior nisso tudo é que os “exemplos” nefastos podem gerar o chamado “efeito dominó” e ser posto em prática nos demais municípios que já trabalham com a previdência própria.

De lascar!!!
05.04
20:32

Professora Marleide é reeleita presidente do Sindiserpum para mandato de 3 anos

A chapa única obteve aceitação de 99,01% dos 1405 votantes na eleição desta quarta

Com 1.405 votos de um total de 2.365 aptos, a professora Marleide Cunha foi eleita hoje pela segunda vez consecutiva presidente do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Mossoró (Sindiserpum). 

A aceitação da chapa foi de 99,01% do número de votos apurados. A chapa eleita cumprirá três anos de mandato (2017-2020).
De acordo com o próprio sindicato, esta é a primeira vez na história do sindicato que uma mulher assume a sua diretoria seguidamente. 

A Chapa 1, composta por servidores de vários setores do serviço público não teve problemas em conquistar o voto dos demais servidores e as eleições ocorreram sem nenhum incidente.

A nova diretoria faz uma renovação de sete nomes, tornando a o sindicato mais diversificado e, consequentemente, com uma maior representatividade entre os servidores públicos de Mossoró. (Com informações do site do sindicato)
05.04
15:50

Em discurso na Câmara, Sandra pede elucidação de crimes contra mulheres

Vereadora denuncia onda de violência desenfreada contra mulheres também em Mossoró e cobra "punição exemplar"

Em discurso na Tribuna da Câmara Municipal, nesta quarta-feira, a vereadora Sandra Rosado (PSB) cobrou elucidação de crimes contra a mulher em Mossoró. Ela considerou inadmissível que recentes assassinatos de mulheres na cidade continuem impunes e pediu providências imediatas.

_Lamentavelmente, assistimos uma violência desregrada em Mossoró também contra mulheres, homicídios de mulheres jovens, que carecem de divulgação de providências das autoridades da Polícia, do Ministério Público e da Justiça. Assassinos e mandantes não podem ficar sem punição_, advertiu.

Castigo, segundo Sandra, é fundamental para coibir violência contra a mulher, e exemplificou casos recentes de repercussão nacional, embora em menor escala de agressão, envolvendo o ator José Mayer e o cantor Victor, que sofreram admoestações oficiais e pressões da opinião pública.

Punição exemplar

_Quando se aponta o responsável e ele é punido, inibe-se que outros pratiquem violência. Mas, em Mossoró, pouco se apura, os crimes não são esclarecidos. Precisamos defender a vida das mulheres. E se homens e mulheres se unirem nessa luta, a criminalidade diminuirá_, comentou.

A vereadora reafirmou que faz a sua parte na Câmara Municipal, lembrando que a mulher sempre foi bandeira da sua atuação parlamentar. Mas, é preciso mais: “Peço que todos nesta Casa exijam que os crimes contra a mulher sejam descobertos do manto da impunidade”, conclamou.
05.04
15:43

Prefeitura de Apodi ignora terceirização e abre 129 vagas para novos servidores

Contrato temporário de trabalho terá validade inicial de 2 anos

A Prefeitura de Apodi lançou quatro editais de Processo Seletivo Simplificado para seleção de vagas e contratação temporária de 129 profissionais nas secretarias de Agricultura, Saúde, Assistência Social e Educação.
 
O objetivo é suprir carências de natureza temporária. Os salários variam de R$ 937,00 a R$ 17 mil. As vagas são para cargos diversos, como motoristas, médicos, agentes comunitários, digitadores, educador físico, veterinários, auxiliar de serviços diversos, entre outros.
 
As inscrições acontecem no período de 05 a 07 de abril de 2017, no Centro do Idoso Flor da Idade, localizado à Rua Antônio Lopes Filho, por trás do CDP de Apodi, no horário de 8h às 12h. Será pago uma taxa, que varia entre R$ 30 e R$ 80, dependendo do nível.
 
O processo seletivo é válido por dois anos, podendo ser prorrogado por mais dois anos.
 
O resultado do processo seletivo será divulgado no site e redes sociais da Prefeitura Municipal de Apodi, no Diário Oficial do Município e nas secretarias envolvidas.

Em tempo: O prefeito Alan Silveira abre mão da política de terceirização, regulamentada pelo Congresso Nacional, e prefere valorizar a contratação de servidores por concurso público. 
05.04
15:23

Câmara: Manoel Bezerra cita avanços e dificuldades na zona rural de Mossoró

O vereador Manoel Bezerra (PRTB) falou sobre as conquistas e lutas da zona rural de Mossoró, na sessão desta quarta-feira (05/04). “Recordo de uma época que houve aqui no Rio Grande do Norte o enterro da lamparina. Não havia energia em muitas cidades do RN. Hoje as zonas rurais já têm mais acesso à energia elétrica.”.

O vereador também lembrou do acesso à água, uma dificuldade ainda constante na vida dos agricultores. 

_Vamos lutar para que tenha água em todas as torneiras das residências da Zona Rural de Mossoró. Os deputados federais e estaduais representantes de Mossoró têm que trazer recurso para a cidade_, cobrou.
04.04
10:40

Ex-senador Fernando Bezerra já se articula de olho nas eleições de 2018

O ex-senador Fernando Bezerra está de volta à cena política. Por enquanto, jogando nos bastidores, mas deixando claro suas pretensões eleitorais.

Em stand by há anos, o empresário potiguar movimenta-se no tabuleiro da política com os olhos voltados para o seu “sonho de consumo”: reconquistar um mandato eletivo. E o “sonho” do empresário seria voltar a ocupar uma vaga no Senado.

Mas uma candidatura dele à Câmara Federal também não pode ser descartada, caso a senatória não seja viabilizada. As cartas estão sendo jogada para definição do jogo que levará às urnas em 2018.
04.04
08:27

TSE inicia julgamento da chapa Dilma-Temer em ação protocolada pelo PSDB

Entenda o que diz a ação e como será o julgamento no Tribunal Superior Eleitoral
  • Líria Jade - Da Agência Brasil
Brasília _O julgamento do pedido de cassação da chapa Dilma-Temer começa nesta terça-feira (4), às 9h. O presidente Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Gilmar Mendes, marcou quatro sessões para analisar o processo. Na ação, o PSDB pede a cassação da chapa que disputou e venceu as eleições presidenciais de 2014, alegando que há irregularidades na prestação de contas.

Independentemente da decisão do TSE, cabem embargos de declaração no próprio tribunal eleitoral e recurso extraordinário ao Supremo Tribunal Federal (STF). É o que explica o professor de direito eleitoral da Universidade de Brasília (UnB) Bruno Rangel Avelino. “Com o recurso ao STF, pode ser concedida liminar suspendendo os efeitos de uma possível cassação. Quem vai dar a última palavra sobre o assunto será o Supremo”, adianta. “Trata-se de recursos para casos em que a decisão tem erro, omissão, contradição ou obscuridade.”

Na última semana, o ministro Gilmar Mendes afirmou não ser possível prever a duração do julgamento da chapa. “Não sabemos quantos incidentes vamos ter.” Mendes confirmou que, logo na abertura dos trabalhos, o plenário terá que examinar questões preliminares interpostas pelos advogados de Dilma Rousseff e de Michel Temer. Uma das questões que permeiam o julgamento é a separação, ou não, dos membros da chapa.

Os questionamentos

Em dezembro de 2014, as contas de campanha de Dilma Rousseff e Michel Temer foram aprovadas com ressalvas, por unanimidade, no TSE. No entanto, o processo foi reaberto após o PSDB apontar irregularidades nas prestações de contas apresentadas por Dilma, que teria recebido recursos do esquema de corrupção investigado na Operação Lava Jato.

Tanto Dilma quanto Temer apresentaram defesa ao TSE. A campanha de Dilma Rousseff nega qualquer irregularidade e sustenta que todo o processo de contratação das empresas e de distribuição dos produtos foi documentado e monitorado.

Já a defesa do presidente Michel Temer sustenta que a campanha eleitoral do PMDB não tem relação com os pagamentos suspeitos. De acordo com os advogados, não há qualquer irregularidade no pagamento dos serviços.

Na ação, apresentada à Justiça Eleitoral em dezembro de 2014, o PSDB pede que, caso a chapa seja cassada, o TSE emposse como presidente e vice os senadores tucanos Aécio Neves (MG) e Aloysio Nunes Ferreira (SP), atual ministro dasRelações Exteriores, derrotados na eleição presidencial.

O que está sendo julgado?

O pedido de cassação da chapa Dilma-Temer começou com uma ação de investigação judicial eleitoral (Aije), com o objetivo de investigar fatos ilícitos ocorridos durante a campanha. Após a diplomação de Dilma Rousseff como presidenta da República, foi proposta uma ação de impugnação de mandato eletivo (Aime). As duas ações tratam do mesmo assunto e serão julgadas em conjunto nas mesmas sessões no TSE.

Esta é a primeira vez que a corte abre uma ação do tipo contra uma chapa empossada. A Aime está prevista na Constituição Federal e tem por objetivo impugnar o mandato obtido "com vícios e ilicitudes".

Segundo a legislação, a ação deve ser proposta quando o mandato tiver indícios de ter sido obtido com abuso de poder econômico, corrupção ou fraude. Mesmo com o processo de impeachment da presidenta Dilma Rousseff, a ação prosseguiu porque os dois integrantes da chapa podem ficar inelegíveis por oito anos se o TSE entender pela cassação do resultado da eleição de 2014.

Como funciona o rito do julgamento?

A última etapa do processo foi concluída em 28 de março pelo relator, o ministro Herman Benjamin, que enviou aos demais integrantes do TSE o relatório final. Ao concluir o processo, Herman pediu a Gilmar Mendes a inclusão do processo na pauta, de acordo com a Lei de Inelegibilidade (Lei Complementar 64/1990).

Foram investigados por Benjamin desvios na contratação de gráficas e o recebimento de recursos não declarados durante a campanha. O ministro investigou também repasses possivelmente ilegais feitos pela empreiteira Odebrecht, cujos indícios foram revelados pela Operação Lava Jato.

O voto de Herman Benjamin será conhecido somente no dia do julgamento.

O presidente do TSE marcou para amanhã, às 9h, o início do julgamento da ação. No mesmo dia haverá outra sessão, às 19h, horário em que tradicionalmente ocorrem os julgamentos.

De acordo com o cronograma anunciado por Gilmar Mendes, haverá ainda uma sessão extraordinária na noite de quarta-feira (5) para dar sequência ao julgamento. Os ministros também poderão dar continuidade à análise da ação na sessão semanal de quinta-feira (6) de manhã.

Fases _ O presidente do TSE concederá a palavra, da tribuna, aos advogados de acusação e de defesa de Dilma e Temer. Logo após, será facultada pelo presidente a palavra ao representante do Ministério Público Eleitoral (MPE) para suas ponderações. De acordo com o regimento da Corte, cada uma das partes poderá falar pelo prazo improrrogável de 10 minutos.

Na condição de relator, de acordo com o regimento interno do TSE, o corregedor-geral da Justiça Eleitoral, ministro Herman Benjamin, deverá começar o julgamento com a leitura do relatório da ação, que traz um resumo das diligências feitas, dos depoimentos e provas coletados, das perícias e das providências solicitadas por ele durante a fase de instrução processual.

Encerradas essas etapas, o ministro Herman Benjamin apresentará o seu voto. Na sequência votam os ministros Napoleão Nunes Maia, Henrique Neves, Luciana Lóssio, Luiz Fux (vice-presidente do TSE),Rosa Weber e, por último, Gilmar Mendes.

O tribunal examinará uma série de questões preliminares interpostas pelos defensores de Dilma e Temer na primeira sessão. Além disso, os advogados de ambos solicitaram mais prazo para análise de provas, em especial as relacionadas aos depoimentos de ex-executivos da Odebrecht, que prestaram esclarecimentos a Benjamin somente no estágio final da fase de instrução. Gilmar Mendes confirmou que, independentemente do resultado do julgamento, o STF deve receber recursos da ação.

Composição do TSE _ O tribunal é formado por sete ministros: três fazem parte do STF (Gilmar Mendes, Rosa Weber e Luiz Fux), dois do STJ (Herman Benjamin e Napoleão Nunes) e dois vêm da advocacia (Henrique Neves e Luciana Lóssio). Esses últimos são nomeados pelo presidente da República, a partir de uma lista tríplice enviada pelo Supremo.

Estão prestes a ser concluídos os mandatos de Henrique Neves (16 de abril) e de Luciana Lóssio (5 de maio). Porém, com o processo se iniciando amanhã, eles ainda poderão votar.
03.04
19:36

Guarda Municipal retoma segurança na Cobal, atendendo a pedido de feirantes

Diretor Ronaldo Pereira ao lado de agentes da Guarda Municipal, durante ação de patrulhamento da Central de Abastecimento/Paredões

Agentes da Guarda Municipal retomaram no último sábado (1º/4), o patrulhamento na área da “Cobal” (Central de Abastecimento), localizada no Bairro Paredões. Durante a semana, serão dois agentes por dia. Nos fins de semana, serão três guardas.

O diretor da Unidade de Abastecimento, Ronaldo Pereira, explica que a presença da Guarda Municipal foi um pedido dos feirantes a Rosalba quando ela ainda era candidata. “Agora, a prefeita atende a este importante pleito dos comerciantes”, cita Ronaldo.

A “Cobal” é o maior centro de comercialização de alimentos de Mossoró, contando atualmente com cerca de 1.000 comerciantes de carnes, frutas, legumes, pescados e uma variedade de produtos. A Direção da Unidade estima que, entre sexta-feira e domingo, o local seja frequentado por cerca de 20 mil pessoas, a maioria clientes.

_Com a chegada dos agentes da Guarda, os feirantes terão maior segurança no dia a dia de suas atividades_, avalia Ronaldo Pereira, que também vem adotando uma série de ações, visando melhorar as práticas e higiene e de conservação do centro comercial.
03.04
18:32

Termina na quinta-feira, dia 6, etapa de inscrição para Concurso de Bombeiros

Média já ultrapassa 265 candidatos por vaga
 
As inscrições do concurso público para o cargo de Soldado do Corpo de Bombeiros Militar do Rio Grande do Norte encerram na próxima quinta-feira (6). De acordo com informações da banca organizadora do certame, até o dia 30 de março 18.552 pessoas já efetuaram a inscrição. 
 
Como são oferecidas 70 vagas. a média já é de 265 candidatos por vaga em ampla concorrência tanto para homens quanto para mulheres. A remuneração inicial é de R$ 2.904,00. 

As inscrições devem ser feitas exclusivamente por meio da internet, no site do Instituto de Desenvolvimento Educacional, Cultural e Assistencial Nacional (Idecan): www.idecan.org.br até às 17h do dia 6 de abril de 2017. A taxa é de R$ 80,00.
03.04
09:35

Francisco Carlos: “o nome da Rosa”

Vereador do PP poderá assumir Secretaria de Cultura

A cotação do vereador Francisco Carlos (PP) anda em alta no Palácio da Resistência. Há quem diga que o edil é o nome preferido da prefeita Rosalba Ciarlini para assumir a Secretaria de Cultural.

Tudo converge para o nome de Francisco Carlos. A começar pelo seu profundo conhecimento do Cidade Junina, evento que ganhou impulso na sua passagem pela Secretaria da Cidadania.

Depois, as condições políticas. Além de ser do mesmo partido da prefeita, a convocação de Francisco Carlos para a Cultura abre espaço para o suplente Genivan Vale (PDT) na Câmara.

Detalhe: Na reunião do última sábado, no Palácio da Resistência, para tratar do evento, Francisco Carlos foi o único vereador da bancada governista presente. Pode ter sido um “detalhe”, mas também pode ter sido um “aviso” da prefeita Rosalba Ciarlini. A conferir!!!
03.04
09:25

Pingo da Mei Dia abrirá Cidade Junina dia 10 de junho com nova "proposta"

Com caráter cultural, MCJ 2017 valorizará artistas da terras e terá orçamento dentro da realidade econômica do município
 
A programação do Mossoró Cidade Junina 2017 será aberta dia 10 de junho com o Pingo da Mei Dia. O projeto do evento começa a ser montado esta semana. 

A Prefeitura de Mossoró convidará artistas e barraqueiros para tratar da formatação do espetáculo Chuva de Bala no País de Mossoró, dos festejos na Estação das Artes Elizeu Ventania e em toda área do evento.
 
As atrações de shows serão contratadas dentro da realidade econômica do município e dependendo da captação de recursos, através de parcerias, com a valorização dos talentos locais. A PMM buscará colaboração na iniciativa privada e em órgãos governamentais e já conseguiu recursos da ordem de R$ 500 mil no Ministério do Turismo.

_Mesmo com todas as dificuldades faremos uma grande festa com criatividade e cooperação de parceiros_, adiantou a prefeita Rosalba Ciarlini, durante reunião para tratar do evento.
03.04
09:12

Câmara debate CF 2017 na quinta, dia 6

A Câmara Municipal de Mossoró agenda mais uma audiência pública. O tema desta feita tratará sobre o tema da Campanha da Fraternidade 2017: "Biomas Brasileiros e Defesa da Vida". 

A Plenária está marcada para as 9h no Plenário do Poder Legislativo. A Direção da Casa convida vereadores, representantes da sociedade civil e população para o debate.

© 2009 Gutemberg Moura - A notícia com credibilidade. Todos os direitos reservados

Desenvolvimento: Micael Melo