• Blog
  • Perfil
  • Política
  • Gerais
  • Imagens
  • Contato
Enquete


Nenhuma enquete.

Buscar
Untitled Document
17.04
19:27

Rede Sustentabilidade se reúnirá em Touros e prepara Conferência Estadual

O município de Touros recebe o 3º Encontro da Rede Sustentabilidade nesta terça-feira. O evento político, que será realizado na Câmara Municipal a partir das 18h, serve como preparativo para a II Conferência Estadual da Rede, que acontece nos dias 12 e 13 de maio, em Natal, com a presença de Heloísa Helena.

Freitas Jr, Porta Voz da Rede no Estado, confirmou presença no evento em Touros. Segundo ele, é importante reunir os filiados para discutir assuntos pertinentes como organização partidária e análise da conjuntura política estadual e nacional.

_Estaremos indo em todas as regiões do estado, debatendo as reformas do governo federal, a necessidade de novas eleições e o fortalecimento do partido no nosso estado_, ratificou o Porta Voz da Rede.
17.04
15:49

Sem ajuda do Estado, internos da Casa do Estudante passam por dificuldades

Com duas refeições diárias, alunos sobrevivem da ajuda de empresários e de doações feitas por voluntários

Os cerca de 70 internos da Casa do Estudante de Mossoró estão passando necessidade de alimentação. A comida lá é regrada desde que o Governo do Estado cortou o repasse de alimentos para abastecer a unidade estudantil. 

_ O corte se arrasta de3sde o início do atual governo estadual. Já fomos a Natal reivindicar o fornecimento de alimentos à Casa, mas sem sucesso_, conta o presidente da instituição, José Waldemar Filho.

O governo chegou oferecer quentinhas do Restaurante Popular para os estudantes, mas impôs como condição, a incorporação do terreno da instituição ao Patrimônio do Estado, inviabilizando o diálogo.

_Ora, o terreno sequer pertence à Casa do Estudante. É uma cessão da Diocese de Mossoró para que abrigar a instituição. Então, não poderíamos doar o que não nos pertence_ justifica Waldemar Filho.

Sem a ajuda do Governo do Estado, a alimentação da Casa do Estudante é mantida com a ajuda de empresários e voluntários. Mesmo assim, são servidas apenas duas refeições ao dia. “Café da manhã e o almoço. 

_A janta, os estudantes se viram como pode_, relata Waldemar Filho.
17.04
08:23

Com "estoque" alto, CCJ da Câmara se reúne nesta segunda para ver projetos

Colegiado é presidido pela vereadora Sandra Rosado

A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara Municipal de Mossoró se reunirá segunda-feira (17), às 9h, no plenário da Casa, para analisar Projetos de Lei. O colegiado designará relatores de matérias e discutirá a constitucionalidade de proposições da atual Legislatura.

A presidente da CCJ, vereadora Sandra Rosado (PSB), informa que a reunião objetiva dinamizar o processo legislativo. “É preciso que a Comissão de Constituição e Justiça se posicione sobre a admissibilidade dos projetos, para decidir se terão seguimento, ou não, na Câmara Municipal”, explica.

Além de dar fluidez à tramitação, segundo ela, a intenção também é evitar o acúmulo de projetos no colegiado. Já são cerca de 50 projetos na CCJ, apresentados somente no atual período legislativo, iniciado mês passado. “Vamos fazer reuniões periódicas para dar conta da demanda”, garante.

Ritmo _ Sandra Rosado diz esperar que as demais comissões permanentes adotem a mesma postura, para que os projetos sejam devidamente analisados e recebam a palavra final, no plenário.
16.04
19:05

Ex-prefeita Fafá Rosado e convidada e participa de reunião com empresários

  • Fonte: Blog www.skarlack.com
A ex-prefeita de Mossoró, Fafá Rosado, foi convidada por um grupo de empresários, de Mossoró e de Natal, para reunião política, ocorrida na quinta-feira (13).

Durante o encontro foram tratadas de estratégias para as eleições de 2018.

Fafá Rosado teve suas duas gestões como prefeita de Mossoró, elogiada pelas lideranças políticas e empresariais que participaram do encontro.

A reunião teve presenças do ex-deputado federal, João Maia e da prefeita de Messias Targino, Shirley Targino.

Também participaram os empresários Marcelo Alecrim, de Natal, e Marcelo Rosado, Jorge do Rosário e Tião Couto, de Mossoró.

Fafá Rosado esteve acompanhada de seu marido, o ex-deputado estadual, Leonardo Nogueira.
15.04
17:43

Joaquim Barbosa diz “não” ao PSB

Partido sugeriu que ele “pensasse” na presidência em 2018

O ex-ministro do Supremo Federal, Joaquim Barbosa, foi procurado pelo Partido Social Brasileiro (PSB). O convite ao magistrado era para que ele se filiasse à legenda e pensasse em disputar à presidência, em 2018.

De acordo com a revista Veja, Joaquim Barbosa recusou o convite do PSB.

A Rede Sustentabilidade e o Partido dos Trabalhadores também já andaram conversando com o juiz. Conversando para sua filiação, claro.

Acesse link: http://veja.abril.com.br/blog/radar-on-line

15.04
09:58

Governo corta “farra” de benefícios na Previdência e economiza R$ 1,6 bilhão

O pente-fino do INSS cancelou 73 mil benefícios por irregularidades e chegará aposentadorias por invalidez

Brasília _ A revisão dos benefícios por incapacidade do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) já gerou uma economia de R$ 1,6 bilhão desde o segundo semestre do ano passado.

O Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário (MDSA) constatou que 1,7 milhão de pessoas recebiam o benefício há mais de dois anos sem passar por perícia médica e, por isso, iniciou o processo de pente-fino. Até agora, foram enviadas cerca de 248 mil cartas de convocação.

A primeira leva de perícias revisou 87,5 mil benefícios, dos quais 73,3 foram cancelados, isto é, 84% do total. 

Cerca de 11,5 mil convocados não compareceram às perícias e tiveram os benefícios cancelados. Além disso, cerca de 9 mil benefícios foram convertidos em aposentadoria por invalidez; 1,1 mil, em auxílio-acidente; e 415 em aposentadoria por invalidez com acréscimo de 25% no valor do benefício. Outras 3,6 mil pessoas foram encaminhadas para reabilitação profissional.

Aposentados por invalidez com menos de 60 anos que estão há mais de dois anos sem avaliação médica também serão convocados. A estimativa do governo federal é que a revisão dos benefícios por incapacidade gere uma economia anual de R$ 8 bilhões. As revisões periódicas são obrigatórias, mas não estavam sendo realizadas pelo governo passado.

A convocação é feita por carta com aviso de recebimento. Após o comunicado, o segurado tem cinco dias úteis para agendar a perícia pelo número 135. O beneficiário que não atender à convocação ou não comparecer na data agendada terá o benefício suspenso.
15.04
08:30

RN já ultrapassa 700 homicídios em 2017

Do total de assassinatos, mais de 10% (72) foram em Mossoró

No item segurança, o governador Robinson Faria (PSD) anda mais perdido que sego em tiroteio. Em pouco mais de três de 2017, o RN já ultrapassa o número de 700 assassinatos, dos quais mais de 70 somente em Mossoró.

Os números não metem: o tal programa “Ronda Cidadã”, menina dos olhos do governador para a segurança pública é uma falácia. Existe no papel, mas não na prática.

O programa inexiste por uma razão óbvia: o Estado não dispõe do número necessário de policiais e a estrutura da segurança está falida. Esta é a mais pura realidade.

O cidadão está entregue à própria sorte. O RN vive um estado de guerra civil. Proporcionalmente, mata-se mais por aqui do que nas guerras mundo afora. É fato. É preocupante.

Detalhe: Os números estão "desatualizados", pois foram divulgados há três dias. De lá pra cá, a carnificina humana no RN só cresceu, diante de um governo inoperante.
14.04
19:31

O ‘petista’ Kim Jong-Un quer guerra

Na foto (Kyodo/Reuters), Kim Jong-Un preside reunião do Partido dos Trabalhadores, do qual o ditador é dirigente máximo deste maio de 2016

A Coreia do Norte não ficará de “braços cruzados” diante de algum ataque “preventivo” ao país pelos Estados Unidos. Trocando em miúdos: o presidente norte-coreano, o ditador Kim Jong-Un, quer “guerra”.

O ditador Jong-Un, atual presidente do Partido dos Trabalhadores, manda um recado "curto e grosso" à Nação de Trump: “O Exército norte-coreano devastará impiedosamente” os Estados Unidos se Washington (governo dos EUA) resolver atacar a Coreia.

O que dizer _ Olhe, o líder do PT norte-coreano é mesmo um “cabra macho”. O "petista" oriental seria uma "versão á brasileira" do ex-presidente e hoje senador Collor de Mello...”Tem aquilo roxo”. 

Guerriar com os Estados Unidos não parece ser uma boa ideia, mas Jong-Un não parece temer a maior potência militar do planeta. Pode vir chumbo grosso por aí!!!
13.04
20:14

Decreto de Rosalba define composição da Secretaria de Cultura de Mossoró

Com a recriação da Secretaria Municipal de Cultura, a prefeita Rosalba Ciarlini alterou o Decreto nº 5.025, que determina medidas de diagnóstico da situação administrativa e de contenção de despesas.

A formatação da Secretaria será feita de forma planejada e regulamentada.  Na última composição, não havia limite na nomeação dos cargos comissionados. “A nova Secretaria terá organização e limite. A Secretaria foi criada e precisa de cargos, observando a situação financeira que enfrenta o município”, afirmou  a prefeita Rosalba Ciarlini, esclarecendo que será mantida a determinação de promover uma estrutura administrativa enxuta.

Antes de ser transformada em Secretaria Executiva, fazendo parte da Secretaria Municipal de Educação, a Cultura chegou ter mais de 60 cargos comissionados.

O novo decreto também excetua da proposta do corte de 50% os cargos de diretor e vice-diretor de escolas para as unidades de maior porte, que funcionam em dois turnos, e diretor de Unidades de Saúde. 
12.04
21:41

Potiguar bate Santa Cruz por 2 a 0 e fará final da Copa RN contra o ABC

O Potiguar está na final da Copa RN. A decisão será contra o ABC  em dois jogos, no Estádio Arena das Dunas. O primeiro jogo será domingo, dia 16.

Para chegar à final, o Time Macho venceu o Santa Cruz por 2 a 0, na Arena das Dunas, em Natal, e contou com a derrota do Assu para o América.

Os gols do Potiguar foram anotados pelos atacantes “Sabão” e Hugo.

O Alecrim foi rebaixado para a segunda divisão do Potiguar.
12.04
17:55

Lula e seus R$ 40 milhões de propina

Marcelo Odebrecht detalha esquema de financiamento de "demandas" do ex-presidente da República

Em depoimento ao juiz Sergio Moro, o empreiteiro Marcelo Odebrecht revelou como foi criado o esquema clandestino de financiamento das demandas do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva no famoso “Departamento de Operações Estruturadas” da empreiteira. 

Além de confirmar que “Amigo” era mesmo o codinome de Lula no sistema, o empreiteiro revelou que, logo depois de o petista deixar o poder, em dezembro de 2010, ele combinou com o ex-ministro Antonio Palocci a reserva de 40 milhões de reais em propinas para atender “demandas de Lula” (ouça a gravação a partir do minuto 20).

_Tinha um saldo de uns 40 milhões [na conta do PT com a Odebrecht]. Aí o que eu combinei com o Palocci? Vai mudar o governo, vai  entrar a Dilma […] A gente sabia que ia ter demandas de Lula, por uma questão do instituto, para outras coisas. Então o que a gente disse foi o seguinte: ‘Vamos provisionar uma parte desse saldo, e então botamos 35 milhões no saldo amigo, que é Lula, para uso que fosse orientação de Lula, porque a gente entendia que Lula ainda ia ter influência no PT’”, disse Marcelo Odebrecht a Moro na segunda-feira. “Como era uma relação nossa com a Presidência (da República), PT, com Lula, tudo se misturava. Então a gente botou 40 milhões para atender demandas que viessem de Lula_, complementou Odebrecht.

Leia a íntegra desta matéria no site http://veja.abril.com.br

12.04
10:48

Na lista de Fachin, Garibaldi “abre” sigilos bancário, fiscal e telefônico

Ao estilo “quem não deve não teme”, o senador Garibaldi Filho (PMDB-RN) se disse “surpreso” com a inclusão do seu nome na lista de investigados do ministro Fachin, no STF, e “abriu” seus sigilos bancário, telefônico e fiscal à Justiça para “esclarecimentos”.

Veja a nota do senador: "O senador Garibaldi Filho se declara surpreso com a notícia de inclusão do seu nome nas notícias de delações e, ao mesmo tempo em que nega tais suspeitas, põe-se à disposição da Justiça para quaisquer esclarecimentos, inclusive disponibilizando os sigilos bancário, fiscal e telefônico, e espera agilidade na apuração e responsabilidade na distinção entre doações lícitas e sem qualquer contrapartida das doações irregulares".
12.04
05:57

Rosalba emite nota e garante nunca ter recebido doação feita pela Odebrecht

A prefeita Rosalba Ciarlini emite nota sobre a inclusão do seu nome na lista do ministro Édson Fachin, relator da operação Lava Jato no Supremo Federal. Em nota, ela afirma que jamais recebeu doação da Construtora Odebrecht, durante o mandato de governadora do RN.

A nota oficial - "A respeito da matéria do jornal o Estado de São Paulo, a prefeita Rosalba Ciarlini esclarece que nunca recebeu doação de campanha da Odebrecht nem durante seu período no Governo do estado do Rio Grande do Norte contratou qualquer obra ou serviço com essa empresa ou o grupo e também não recebeu deles qualquer benefício ou favor.

Isso, por si só, prova a completa improcedência da referência a seu nome"
12.04
00:37

Brasil em “chama” com lista de Fachin

Delação do fim do mundo” pega cinco políticos do RN

A política “pega fogo” no Brasil com a divulgação pelo ministro Edson Fachin, relator da Lava Jato no STF, da lista de políticos a serem investigados pela Corte, após delações da Odebrecht.

Do Rio Grande do Norte, além do governador Robinson Faria (PSD), outros quatro políticos foram incluídos no lista de Fachin; Rosalba Ciarlini (prefeita de Mossoró); os senadores Garibaldi Filho (PMDB e José Agripino (DEM) e o deputado Felipe Maia (DEM).

Veja a lista de Fachin:
  • Aécio Neves, senador (PSDB-MG)
  • Antônio Anastasia, senador (PSDB-MG)
  • Alfredo Nascimento, deputado (PR-AM)
  • Milton Monti, deputado (PR-SP)
  • Aloysio Nunes, senador (PSDB-SP)
  • Arlindo Chinaglia, deputado (PT-SP)
  • Arthur Maia, deputado (PPS-BA)
  • Bruno Araújo, ministro das Cidades (PSDB-PE)
  • Carlos Zarattini, deputado (PT-SP)
  • Cândido Vaccarezza, deputado (ex-PT-SP)
  • Guido Mantega, ex-ministro da Fazenda (PT)
  • Eduardo Braga, senador (PMDB-AM)
  • Omar Aziz, senador (PSD-AM)
  • Cacá Leão, deputado (PP-BA)
  • Cássio Cunha Lima, senador (PSDB-PB)
  • Celso Russomanno, deputado (PRB-SP)
  • Ciro Nogueira, senador (PP-PI)
  • Dalírio Beber, senador (PSDB-SC)
  • Napoleão Bernardes, prefeito de Blumenau (PSDB-SC)
  • Daniel Elias Carvalho Vilela, deputado (PMDB-GO)
  • Maguito Vilela, ex-governador de Goiás (PMDB)
  • Daniel Gomes de Almeida, deputado (PCdoB-BA)
  • Décio Nery de Lima, deputado (PT-SC)
  • Ana Paula Lima, deputada estadual (PT-SC)
  • Edison Lobão, senador (PMDB-MA)
  • Eliseu Padilha, ministro-chefe da Casa Civil (PMDB-RS)
  • Moreira Franco, secretário-geral da Presidência (PMDB-RJ)
  • Fábio Faria, deputado (PSD-RN)
  • Robinson Faria, governador do Rio Grande do Norte (PSD)
  • Rosalba Ciarlini, prefeita de Mossoró (PP-RN)
  • Fernando Collor de Mello, senador (PTC-AL)
  • Fernando Bezerra, senador (PSB-PE)
  • Gilberto Kassab, ministro das Comunicações (PSD-SP)
  • Heberte Lamarck Gomes da Silva (Betinho Gomes), deputado federal (PSDB-PE)
  • José Feliciano de Barros Júnior, advogado
  • José Ivaldo Gomes (Vado da Farmácia), ex-prefeito de Cabo do Santo Agostinho (PTB-PE)
  • Helder Barbalho, ministro da Integração Nacional (PMDB-PA)
  • Paulo Roberto Galvão da Rocha, senador (PT-PA)
  • Heráclito Fortes, deputado (PSB-PI)
  • Humberto Costa, senador (PT-PE)
  • Ivo Cassol, senador (PP-RO)
  • João Carlos Gonçalves Ribeiro, ex-secretário de Planejamento de Rondônia
  • João Carlos Paolilo Bacelar Filho, deputado (PR-BA)
  • Jorge Viana, senador (PT-AC)
  • Tião Viana, governador do Acre (PT)
  • José Carlos Aleluia, deputado (DEM-BA)
  • José Carlos Becker de Oliveira e Silva (Zeca Dirceu), deputado (PT-PR)
  • José Dirceu, ex-ministro-chefe da Casa Civil
  • José Orcírio Miranda dos Santos (Zeca do PT), deputado (PT-MS)
  • Blairo Maggi, ministro da Agricultura (PP)
  • José Reinaldo Carneiro Tavares, deputado (PSB-MA)
  • Ulisses César Martins de Sousa, ex-procurador-geral do Estado do Maranhão
  • Renan Calheiros, senador (PMDB-AL)
  • Renan Calheiros Filho, governador do Alagoas (PMDB)
  • Fernando Bezerra de Sousa Coelho, senador (PSB-PE)
  • Júlio Lopes, deputado (PP-RJ)
  • Jutahy Magalhães Júnior, deputado (PSDB-BA)
  • Kátia Abreu, senadora (PMDB-TO)
  • Moisés Pinto Gomes, marido da senadora Kátia Abreu
  • Lídice da Mata, senadora (PSB-PE)
  • Lindberg Farias, senador (PT-RJ)
  • Marco Maia, deputado (PT-RS)
  • Eliseu Padilha, ministro-chefe da Casa Civil (PMDB)
  • Humberto Kasper, ex-presidente da Trensurb
  • Marco Arildo Prates da Cunha, ex-presidente da Trensurb
  • Paulo Bernardo Silva, ex-ministro do Planejamento (PT)
  • Marcos Antônio Pereira, ministro da Indústria, Comércio e Serviços (PRB-ES)
  • Maria do Rosário Nunes, deputada (PT-RS)
  • Mário Negromonte Júnior, deputado (PP-BA)
  • Milton Monti, deputado (PR-SP)
  • Valdemar da Costa Neto, ex-deputado (PR-SP)
  • Nelson Pellegrino, deputado (PT-BA)
  • Ônix Lorenzoni , deputado (DEM-BA)
  • Paulo Henrique Ellery Lustosta da Costa, deputado (PP-CE)
  • Paulo Pereira da Silva, deputado (SD-SP)
  • Pedro Paulo Carvalho Teixeira, deputado (PMDB-RJ)
  • Eduardo Paes, ex-prefeito do Rio de Janeiro (PMDB)
  • Ricardo Ferraço, senador (PSDB-ES)
  • Rodrigo Maia, deputado (DEM-RJ)
  • César Maia, ex-prefeito do Rio de Janeiro (DEM)
  • Rodrigo Garcia, deputado (DEM-SP)
  • Romero Jucá Filho, senador (PMDB-RR)
  • Eunicio Oliveira, senador (PMDB-CE)
  • Lúcio Quadros Vieira Lima, deputado (PMDB-BA)
  • Rodrigo Maia, deputado (DEM-RJ)
  • Rodrigo Jucá, advogado e filho de Romero Jucá (PSD-RR)
  • Valdir Raupp, senador (PMDB-RO)
  • Vander Loubet, deputado (PT-MS)
  • Vanessa Grazziotin, senadora (PCdoB-AM)
  • Eron Bezerra, marido da senadora Vanessa Grazziotin
  • Vicente Cândido, deputado (PT-SP)
  • Vicente Paulo da Silva, deputado (PT-SP)
  • Vital do Rêgo Filho, ministro do Tribunal de Contas da União (TCU)
  • Yeda Rorato Crusius, deputada (PSDB-RS)

  •  

  • Fora do STF

  • Dezenas de outros inquéritos foram enviados por Fachin a outros tribunais porque os envolvidos não têm direito a foro no Supremo Tribunal Federal, como os governadores de estado, que têm de ser julgados pelo Superior Tribunal de Justiça.

  • Nesta lista estão, entre outros, os governadores de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), de Minas Gerais, Fernando Pimentel (PT), do Rio, Luiz Fernando Pezão (PMDB), e do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB).

  • Na lista também está o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB) e o ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad (PT), que precisam ser julgados na primeira instância, ou seja, pela Justiça Federal de São Paulo.

  • Confira a lista:

  • Abelardo Lupion, ex-deputado federal (DEM)
  • Adolfo Viana de Castro Neto, deputado estadual (PSDB-BA)
  • Adrian Mussi, suplente de deputado (PHS-RJ)
  • Agnelo Queiroz, ex-governador (PCdoB-DF)
  • Alcebíades Sabíno dos Santos
  • Aldemir Bendine, ex-presidente do Banco do Brasil e Petrobras
  • André Gustavo Vieira da Silva, publicitário
  • Alexandre Padilha, ex-ministro da Saúde (PT-SP)
  • Aloísio dos Santos Júnior
  • Aloizio Mercadante, ex-ministro (PT-SP)
  • Aluísio Teles Ferreira Filho, ex-diretor da Petrobras
  • Anderson Braga Dorneles, ex-assessor de Dilma
  • André de Souza
  • Andréia Légora, afilhada de Eduardo Cunha
  • Helil Cardozo (PMDB-RJ)
  • Anthony Garotinho, ex-governador do Rio (PR-RJ)
  • Antônio Carlos de Campos Machado, deputado estadual (PTB-SP)
  • Antônio Carlos Magalhães Neto, prefeito de Salvador (DEM-BA)
  • Antônio Duarte Nogueira Júnior, prefeito de Ribeirão Preto (PSDB-SP)
  • Antônio Egício Rufino de Carvalho, candidato a vereador de Uruguaina (PSDB-RS)
  • Antônio Palocci Filho, ex-ministro da Fazenda (PT-SP)
  • Arthur Virgílio, prefeito de Manaus (PSDB-AM)
  • Benjamin Steinbruch, empresário
  • Carlito Merss, ex-deputado federal (PT-SC)
  • Carlos Alberto Grana , ex-prefeito (PT-SP)
  • Beto Richa, governador do Paraná (PSDB-PR)
  • Carlos Busatto Júnior, prefeito de Itaguaí-RJ (PMDB-RJ)
  • Carlos Chagas
  • Carlinhos Almeida, ex-prefeito de São José dos Campos (PT-SP)
  • Carlos Roberto Casteglione Dias, ex-prefeito de Cachoeiro do Itapemirim (ES)
  • Carlos Lupi, ex-ministro do Trabalho (PDT-RJ)
  • Clécio Luís Vilhena Vieira, prefeito de Macapá (PSOL-AP)
  • Colbert Martins da Silva Filho, vice-prefeito de Feira de Santana-BA (PMDB)
  • Cristina Conceição Bredda Carrara, prefeita de Sumaré-SP (PSDB-SP)
  • Delcídio do Amaral, ex-senador, sem partido
  • Demerval da Fonseca
  • Demóstenes Torres, ex-deputado federal (DEM)
  • Diga Salomão
  • Dilma Rousseff, ex-presidente da República (PT)
  • Donisete Braga, ex-prefeito de Mauá (PT-SP)
  • Edinho Silva, prefeito de Araraquara (PT-SP)
  • Edson Aparecido dos Santos, ex-deputado federal (PSDB-SP)
  • Eduardo Celso de Araújo Marinho
  • Eduardo Cunha, ex-deputado federal (PMDB-RJ)
  • Eduardo Paes, ex-prefeito do Rio (PMDB-RJ)
  • Eliseu Daniel, ex-candidato a prefeito de Limeira (PSDB-SP)
  • Eronildes Teixeira de Queiroz
  • Estilac Martins Rodrigues Xavier, conselheiro do TCE-RS
  • Everaldo Dias Pereira (pastor Everaldo), ex-candidato a presidente (PSC-RJ)
  • Fábio Cleto, ex-diretor da Caixa
  • Felipe Montoro Jens
  • Fernando Antônio Falcão Soares, Fernando Baiano, operador do PMDB
  • Fernando Capez, deputado estadual (PSDB-SP)
  • Fernando Pimentel, governador de MG (PT-MG)
  • Fernando Haddad, ex-prefeito de São Paulo (PT-SP)
  • Fernando Henrique Cardoso, ex-presidente da República ( PSDB-SP)
  • Firmino da Silveira Soares Filho
  • Flávio Dino, governador do Maranhão PCdoB-MA)
  • Francisco Azambuja Barbará, suplente de vereador em Uruguaiana (PSDB-RS)
  • Francisco Chaves
  • Francisco de Assis Pereira de Campos, deputado estadual (PT-SP)
  • Waldir Pires, vereador de Salvador (PT-BA)
  • Frederico Cantoni Antunes
  • Geddel Vieira Lima, ex-ministro PMDB-BA)
  • Geraldo Alves Ferreira Júnior, vereador de Salvador (SD-BA)
  • Geraldo Alckmin, governador de São Paulo (PSDB-SP)
  • Geraldo Simões de Oliveira, ex-deputado federal (PT-BA)
  • Germano Rigotto, ex-governador do Rio Grande do Sul (PMDB)
  • Gleise Hoffmann, senadora (PT-PR)
  • Guido Mantega, ex-ministro da Fazenda (PT-SP)
  • Gustavo Falcão Soares, irmão de Fernando Baiano
  • Hélio de Oliveira dos Santos, Dr. Hélio, ex-prefeito de Campinas ( PDT-SP)
  • Henrique Alves, ex-ministro do Turismo (PMDB-RN)
  • Henrique Santana Carballal, vereador de Salvador (PV-BA)
  • Hugo Napoleão, ex-senador (PSD-PI)
  • Humberto Costa, senador (PT-PE)
  • Ideli Salvatti, ex-senadora (PT-SC)
  • IIson Mauro da Silva Brum, ex-candidata a prefeito de Uruguaiana (PMDB-RS)
  • Inaldo Leitão, ex-deputado federal (PL-PB)
  • Iris Rezende, prefeito de Goiânia (PMDB-GO)
  • Jairo Jorge da Silva, ex-prefeito de Canoas (PDT-RS)
  • Jaison Cardoso Souza, ex-prefeito de Imbituba (PSDB-SC)
  • Jaques Wagner, ex-governador da Bahia (PT-BA)
  • Jean Jackson Kuhlmann, deputado estadual (PSDB-SC)
  • Jean Vieira de Lima
  • João Almeida dos Santos, ex-deputado federal (PSDB-BA)
  • João Santana, marqueteiro
  • João Leão, vice-governador da Bahia (PP)
  • João Paulo Cunha, ex-deputado federal (PT-SP)
  • João Paulo Rillo, deputado estadual (PT-SP)
  • Raimundo Colombo, governador de Santa Catarina (PSD)
  • João Vaccari Neto, ex-tesoureiro do PT
  • Jonas Lopes de Carvalho, conselheiro do TCE-RJ
  • Gim Argello, ex-senador (PTB-DF)
  • Jorge Bittar, ex-deputado federal (PT-RJ)
  • Jorge Khoury, ex-deputado federal (DEM-BA)
  • Jorge Picciani, presidente da Assembleia Legislativa do Rio (PMDB-RJ)
  • José Aníbal, ex-senador (PMDB-SP)
  • José Antônio Barros Munhoz, ex-deputado estadual (PSDB)
  • José Eduardo Siqueira Campos, ex-senador (DEM-TO)
  • José Genoíno, ex-deputado federal (PT-SP)
  • José Marcelo do Nascimento Nilo, deputado estadual (PSL-BA)
  • Jose Maria Eymael,ex-deputado federal (PSDC-SP)
  • José Ricardo Franco Montoro, ex-deputado estadual (PSDB-SP)
  • José Roberto Arruda, ex-governador do DF (PR)
  • José Severiano Chaves, ex-deputado (PTB-PE)
  • Josefina Soares Bruggemann, vereadora (PP-RS)
  • Juçara Feitosa de Oliveira, suplente de senador (PT-BA)
  • Jussara Osório de Almeida, ex-vereadora (/Rede-RS)
  • Laurez da Rocha Moreira, prefeito (PSB-TO)
  • Lázaro Noé da Silva, candidato derrotado a prefeito (PPS)
  • Valtimir Ribeirão, candidato derrotado a prefeito (PMDB-SP)
  • Leur Antônio de Brito Lomanto Júnior, deputado estadual (PMDB-BA)
  • Luciano Santos Rezende, prefeito (PPS-ES)
  • Lúdio Frank Mendes Cabral, ex-vereador (PT-MT)
  • Luis Cláudio Lula da Silva, filho de Lula (SP)
  • Luiz Inácio Lula da Silva, ex-presidente (PT-SP)
  • Luiz Augusto Fuhrmann Schneider, prefeito (PSDB-RS)
  • Luiz Eduardo Melin de Carvalho e Silva, ex-diretor do BNDES
  • Luiz Fernando Pezão, governador do Rio (PMDB)
  • Luiz Marinho, ex-prefeito de São Bernardo do Campo (PT)
  • Luiz Paulo Vellozo Lucas, ex-deputado federal (PSDB-ES)
  • Luiz Roberto de Albuquerque, depuado federal (PSB-RS)
  • Lusenrique Quintal, empresário (PSD)
  • Manuela d’Ávila, deputada federal (PCdoB-RS)
  • Marcelo Miranda, governador do Tocantins ( PMDB)
  • Marcelo de Lima Lélis, ex-deputado estadual (PV-TO)
  • Márcio Araújo de Lacerda, ex-prefeito (PSB-MG)
  • Marconi Perillo, governador de Goiás (PSDB)
  • Maria da Conceição Caldas Rabha, ex-prefeita (PT-BA)
  • Mário de Melo Kertesz, ex-prefeito (PMDB-BA)
  • Mário Negromonte, ex-ministro das Cidades (PP-BA)
  • Mariton Benedito de Holanda, ex-deputado federal (PT-RO)
  • Dermeval Fonseca Nevoeiro Junior, candidato derrotado a prefeito (DEM-SP)
  • Nilson Bonome, candidato derrotado a prefeito (PMDB-SP)
  • Osmar Dias, ex-senador (PDT-PR)
  • Oswaldo Baptista Duarte Filho, ex-prefeito de São Carlos-SP (PT)
  • Othon Luiz da Silva Pinheiro, ex-presidente da Eletronuclear
  • Palminio Altimari Filho, ex-prefeito (PMDB-SP)
  • Paulo Altomani, ex-prefeito de São Carlos-SP (PT)
  • Paulo Bernardo, ex-ministro (PT-PR)
  • Paulo César de Melo Sá, deputado estadual (PMDB-RJ)
  • Paulo Hartung, governador do Espírito Santo (PMDB)
  • Paulo Ferreira, ex-deputado federal (PT-SP)
  • Paulo Hadish, ex-prefeito (PSB-SP)
  • Paulo Magalhães Júnior, vereador (PV-BA)
  • Paulo Roberto Costa, ex-diretor da Petrobras
  • Paulo Rubem Santiago Ferreira, ex-deputado federal (PSOL-PE)
  • Paulo Sérgio de Sá Bittencourt Câmara, vereador (PSDB-BA)
  • Paulo Skaf, presidente da Fiesp (PMDB)
  • Paulo Okamotto, presidente do Instituto Lula (PT)
  • Pedro Barusco, ex-gerente da Petrobras
  • Pedro Eurico de Barros e Silva, candidato derrotado a deputado federal (PSDB-PE)
  • Pedro Ramos de Miranda, assessor do ex-governador do Rio Sérgio Cabral (PMDB)
  • Raimundo Coimbra Júnior, ex-deputado federal (PMDB-TO)
  • Renata Anchão Braga, ex-prefeita (PSDB-SP)
  • Renato Casagrande, ex-governador do Espírito Santo (PSB-ES)
  • Ricardo Fortunato de Oliveira, ex-prefeito (PMDB-GO)
  • Riverton Mussi Ramos, ex-prefeito (PMDB-RJ)
  • Robério Bandeira de Negreiros Filho, deputado distrital (PMDB-DF)
  • Roberto Carlos de Souza, ex-prefeito (PSDB-SC)
  • Roberto Massafera, deputado estadual (PSDB-SP)
  • Rogerio Pascon, prefeito (PTB-SP)
  • Ronaldo Dimas, prefeito (PR-TO)
  • Ronnie Peterson Colpo Mello, prefeito (PP-RS)
  • Rosângela Garotinho, ex-governadora do Rio (PR-RJ)
  • Rosely Nassim Jorge Santos
  • Rubens Merguizo Filho, prefeito (PMDB-SP)
  • Rubens Moreira Mendes Filho, ex-deputado federal (PSD-RO)
  • Saldanha Leivas Cougo, candidato derrotado a deputado federal (PRB-SP)
  • Sandoval Lôbo Cardoso, ex-governador do Tocantins (SD)
  • Sandro Antonio Scodro, ex-deputado federal (PMDB-GO)
  • Sebastião Almeida, ex-prefeito de Guarulhos-SP (PDT)
  • Sérgio Cabral, ex-governador do Rio (PMDB)
  • Tiago Brandão Correia, vereador (PTN-BA)
  • Valmir Queiroz Mariano, ex-prefeito (PSD-PA)
  • Vanessa Damo, ex-deputada estadual (PMDB-SP)
  • Wayner Fajardo Gasparello, secretário municipal de Obras do Rio
  • Wilma Faria, vereadora (PT do B-RN)
  • Wilson Carlos Cordeiro, ex-secretário municipal de Governo do Rio
10.04
19:02

Caern pode adotar "telemarketing" para dar apoio à Liga do Câncer de Mossoró

Empresa captaria R$ 2,00 de clientes e repassaria à LMECC, conforme reunião entre representantes da entidade e a secretária Juliane Fernandes

A secretária titular da SETHAS, Julianne Faria, recebeu hoje, em Natal, Emiliano da Costa Pereira e Vanuza Brito, representantes da Liga de Combate ao Câncer de Mossoró.

Na oportunidade foram discutidas maneiras de o Governo do Estado, apoiar a entidade mossoroense.

_Sugeri parceria com a Caern para doações de R$ 2 na conta de água, vamos conversar com o Ipem para que parte das multas sejam revertidas em compra de equipamentos para a Liga, além de convênio com a Sethas e acompanharei os repasses junto à Secretária de Saúde, para evitar atrasos_, disse a secretária.

Os dirigentes da Liga de Combate ao Câncer foram acompanhados pela presidente da Câmara Municipal de Mossoró, vereadora Izabel Montenegro, que articulou o encontro.

Juliane Faria anunciou que em maio estará em Mossoró, quando visitará a Liga de Combate ao Câncer, ao lado do governador Robinson Faria. (Com informações do Blog do Jornalista Carlos Skarlack).
10.04
18:47

Ufersa abre inscrições para II Fórum de Aplicativos Educativos, em Angicos

Estão abertas as inscrições para o II Fórum de Aplicativos Educativos do Instituto GeoGebra do Rio Grande do Norte. O evento ocorrerá no período de 20 a 22 de junho de 2017, na Ufersa em Angicos. Este ano o Fórum vai discutir o tema “Desenvolver, aplicar e socializar as ações educativas”. 

O público-alvo do evento são estudantes, professores e demais interessados em estudar a construção de atividades por meio de aplicativos educativos.

O evento é uma realização do Instituto GeoGebra do Rio Grande do Norte com o apoio dos discentes e docentes da Ufersa. “Nosso objetivo é apresentar propostas com ações educativas desenvolvidas com o intuito de facilitar a aprendizagem de conteúdos das diversas disciplinas tanto do ensino superior quanto da educação básica”, enfatizou o coordenador do evento, Ricardo Antonio Faustino Braz.

Pelo cronograma, as inscrições seguem até o dia 30 de abril. (Fonte: Secom Ufersa).
09.04
20:19

Com 57% dos votos, Isolda bate "velha guarda" e presidirá PT em Mossoró

Por 214 votos, o que corresponde a 57% dos votos válidos, a vereadora Isolda Dantas foi eleita, neste domingo (9), a nova presidente do Diretório do PT de Mossoró. 

O candidato Nélson Gregório, atual presidente da legenda, obteve 82 votos, enquanto o candidato Valmir Alves, ex-presidente da legenda, alcançou 79 votos.

O mandato de Isolda será de três anos, podendo ser renovado. A data de sua posse ainda será marcada e anunciada pelo partido. A vereadora teve o apoio da senadora Fátima Bezerra.
09.04
19:10

Assu bate Globo, assume vice-liderança e complica vida do Potiguar no Estadual

O adversário do ABC na decisão do segundo turno do Estadual será definido na última rodada, a ser disputada no meio da semana. O Assu assumiu a vice-liderança do turno ao vencer o Globo por 1 a 0 neste domingo (9), em Ceará-Mirim, chegado aos 12 pontos ganhos, dois a menos que o ABC, com 15 pontos.

O Potiguar caiu para o terceiro lugar com 11 pontos. Para chegar a decisão, o Time precisará vencer o Santa Cruz, quarta-feira (12), na Arena das Dunas, e torcer por uma derrota e/ou empate do Assu contra o América, no Edgarzão. Portanto, o Alvirrubro não depende mais somente de suas forças para ir à final da Copa RN.

Já o América, fará o jogo do “desesperado” contra o Assu. Se não ganhar o jogo, i Alvirrubro natalense ficará sem a vaga à Série D do Brasileirão de 2018, onde já esta este ano. Assim, o Clube ficaria na obrigação avançar à Série C. Do contrário, O América pode se tornar um “time fora de série” na temporada de 2018.

A rodada - Os resultados da 6ª rodada foram: Potiguar 3, ABC 2; América 3, Baraúnas 3. Alecrim 0, Santa Cruz 1; e Glovo 0, Assu 1.
09.04
11:14

PT elege nova Diretoria em Mossoró e três chapas disputam votos de filiados

Gilberto Diógenes aposta na vitória da vereadora Isolda

A Partido dos Trabalhadores elege neste domingo (9) os novos dirigentes dos diretórios nacional, estaduais e municipais. Em Mossoró, três chapas disputam cerca de 600 votos dos filiados.

As chapas têm como candidatos a presidente a vereadora Isolda Dantas, Nélson Gregório (atual presidente petista) e Valmir Alves. A votação ocorre durante o dia e o resultado da eleição sairá no fim da tarde de hoje.

O sindicalista Gilberto Diógenes, em rápido contato com o Blog, sinalizou para a vitória de Isolda.“A vereadora Isolda vai ser eleita a nova presidente do PT em Mossoró”, profetizou o líder sindical e ex-dirigente petista.
09.04
10:56

Governo do RN chama 797 professores

O Governo do Estado, por meio da Secretaria da Educação e da Cultura, convocou 797 professores para compor o quadro efetivo da Rede Estadual de Educação. A lista dos convocados está publicada no Diário Oficial deste sábado (8). 

Com a publicação chegou a 4.200 o números de profissionais convocados desde o início de 2015.

Os professores, que serão encaminhados para as escolas espalhadas por todo o RN, atuarão em várias áreas do conhecimento, como linguagem, matemática, ciências da natureza e humanas, na educação especial, e terão 30 dias para se apresentar, contando a partir da data de nomeação.

© 2009 Gutemberg Moura - A notícia com credibilidade. Todos os direitos reservados

Desenvolvimento: Micael Melo