• Blog
  • Perfil
  • Política
  • Gerais
  • Imagens
  • Contato
Enquete


Nenhuma enquete.

Buscar
Untitled Document
29.05
03:52

Potiguar dribla adversidades e arranca empate ‘milagroso’ contra Guarani/CE

Mesmo com um time forma de última hora, o Potiguar segue invicto na Série D do Brasileuão 2017. Dois jogos, dois empates. E dois “milagres” operados diante das adversidades.

Jogando no estádio do Junco, em Sobral, o Potiguar arrancou um empate, em 2 a 2, na partida contra o Guarani local. Com o resultado, o Time Macho chega a dois pontos ganhos.

O próximo jogo do time Príncipe será no próximo domingo, contra o River do Piauí.
28.05
10:21

Ezequiel assume presidência do PSDB no RN e fala em crescimento do partido

Para ele, partido está unificado e parte para conquistar mais espaços na política potiguar
 
Em convenção cartorial, mas bastante prestigiada e representativa, o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Ezequiel Ferreira de Souza, tomou posse neste sábado (27), no Hotel Holiday Inn Natal, como presidente estadual do Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB).
 
Para Ezequiel Ferreira de Souza a convenção chega numa boa hora para integrar, unificar e oxigenar o partido que cada vez mais vai buscar ampliar a pratica da participação e valorização da opinião da coletividade nos rumos partidários. "Crescemos enquanto legenda. Fato conquistado nas eleições de 2016 e reconhecido nacionalmente. Até 2018, unidos com os anseios da população, vamos construindo o partido que queremos, pensando em novas bandeiras para o Rio Grande do Norte e para um novo Brasil", salientou o presidente do PSDB no Estado.

Atualmente o PSDB é o 3º maior partido do Rio Grande do Norte com um deputado federal, um senador suplente (Valério Marinho), cinco deputados estaduais (Ezequiel Ferreira, Gustavo Carvalho, José Dias, Raimundo Fernandes e Márcia Maia), 107 vereadores, 30 prefeitos e vice-prefeitos, e conta ainda com 150 diretórios e comissões provisórias de 167 municípios no RN.

O evento também foi de filiação partidária com a chagada da vice-prefeita de Cruzeta, Isa Carneiro, do prefeito de Bom Jesus, Clécio Azevedo, do prefeito de Barra de Maxaranguape, Luiz Eduardo, do prefeito de Barcelona, Neto Mafra, e do presidente da Federação dos Municípios do RN, (Femurn), Benes Leocádio.
26.05
19:46

Câmara de Mossoró se reunirá segunda para debater financiamento da UERN

A Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (Uern) será tema de debate no plenário da Câmara Municipal de Mossoró, com reunião ampliada da Frente Parlamentar e Popular em Defesa da Uern, segunda-feira (29), às 9h. O encontro terá como temática central o financiamento da instituição.

O coordenador da Frente, vereador Professor Francisco Carlos (PP), informa que o evento debaterá contribuição social e condições de financiamento da Uern e proposta de autonomia financeira da universidade, vista como alternativa fundamental para fortalecimento da instituição universitária.

_Professores, alunos e ex-alunos da Uern. Cidadãos que acreditam que defendem a educação pública, gratuita e de qualidade. Convidamos todos vocês que acreditam e defendem a Uern como patrimônio do povo potiguar a ir ao plenário da Câmara Municipal na segunda-feira de manhã_, conclama.
26.05
19:40

Mais de 60% dos MEIs potiguares não enviaram declaração, segundo Sebrae

Data limite para fazer a declaração é dia 30, mas até agora foram entregues 34.345 declarações dos mais de 88 mil microempreendedores que estão obrigados a prestar contas

Natal – A menos de uma semana para encerrar o prazo, a maior parte das empresas do Rio Grande do Norte registradas como Microempreendedor Individual (MEI) ainda não fez a Declaração Anual do Simples Nacional (DASN-Simei). 

O documento é obrigatório e informa à Receita Federal sobre o faturamento bruto do negócio ao longo do ano passado. No entanto, no estado, até agora só foram feitas 34.345 declarações, segundo levantamento do Sebrae a partir de dados da Receita. 

Mais de 61% dos 88.161 MEIs potiguares que estão aptos a declarar a receita anual do negócio ainda não entregaram o documento. Em todo o Brasil, foram feitas mais de 2,3 milhões de declarações. A recomendação é não deixar para a última hora, já que o prazo termina na próxima quarta-feira. A coordenadora estadual do MEI no Sebrae-RN, Ruth Suzana Maia, destaca que mesmo aqueles negócios que não tiveram receita no ano de 2016 precisam fazer a declaração. 

Para ela, o alto índice de declarações não entregues – 53,8 mil – tem uma explicação. “Esse alto número de microempreendedores que ainda não fizeram a declaração é um reflexo também inadimplência, que, no Rio Grande do Norte, fica acima de 50%. Então, muitos desses empreendedores inadimplentes deixam de entregar o documento, o que é um erro”.
26.05
00:47

Cidade Junina terá Michel Teló, Aviões, Solteirões e muitas atrações regionais

Programação de evento foi divulgada pela prefeita Rosalba Ciarlini, durante evento realizado na Estação das Artes

A Prefeitura Municipal de Mossoró (PMM) anunciou nesta quinta-feira (25) a programação do Mossoró Cidade Junina (MCJ) 2017. O evento acontece de 02 de junho a 02 de julho e vai contar com atrações nacionais, regionais e, principalmente, com a valorização dos artistas da terra.

A prefeita Rosalba Ciarlini lançou a programação e mencionou a importância do evento para Mossoró. "Enfrentando essa crise, vamos fazer o São João mais cultural do Brasil", comentou.

Rosalba lembrou a parceria que foi feita com os cursos de Comunicação Social e Economia da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN), para comprovar o impacto social e econômico do São João na cidade. A prefeita também agradeceu a população por entender as dificuldades do município neste período. "Eu sempre falava que se a Paraíba e Pernambuco podem ter um grande São João, por que Mossoró não pode ser o grande São João do Rio Grande do Norte e do Brasil? Vocês entenderam, assimilaram a ideia e me deram as mãos. Mossoró entendeu que essa festa é sua. Aqui estão as nossas raízes e a marca da nossa cultura", frisou.
 
O secretário de Cultura de Mossoró, Eduardo Falcão, agradeceu o empenho de todos. "Gostaria de agradecer a prefeita por confiar no nosso trabalho e a equipe da cultura que está empenhada trabalhando sem cansar. As equipes das demais secretarias estão envolvidas, desde a saúde, educação e infraestrutura. Será uma grande festa popular e com a diversidade cultural que sempre marcou o evento", complementou.

Os shows do São João Mais Cultural do Brasil na Estação das Artes Elizeu Ventania começam no dia 15 de junho já com a apresentação da maior banda de forró do Brasil: Aviões do Forró, além de Saia Rodada e Jonh Modão.

No dia 24 de junho, com transmissão da Globo Nordeste, o MCJ recebe o cantor Michel Teló. E a noite terá ainda Forró com Ella, Naelson Junior, Junior Vianna e Aline e Dayvid.

Os shows na Estação das Artes serão encerrados no dia 30 de junho com Zé Cantor e a sua banda Solteirões do Forró, Sirano e Sirino, Forró Classe A e Renata Falcão.

O MCJ 2017 terá ainda Lagosta, Zezo, Cavaleiros do Forró, Amazan, Waldonys, Gabriel Diniz e muito mais do que você imagina.

Pingo – A programação do Pingo da Mei Dia foi anunciada na semana passada. O evento que abre o MCJ 2017 em 10 de junho vai contar com shows de André Luvi, Aline e Dayvid, Forró dos 3, Giannini Alencar, João Neto Pegadão, Nataly Vox e Renata Falcão.

Boca – Novidade do Mossoró Cidade Junina 2017, o Boca da Noite “encerra” o evento no dia 1° de julho, a partir das 18 horas, com shows de Ewerton Linhares, Felipe Grilo, Everaldo Jr e Banda do Magão.

Confira a programação do Mossoró Cidade Junina 2017

10/06 – Pingo da Mei dia
Nataly Vox, Forró dos 3, André Luvi, Giannini Alencar, João Neto Pegadão, Renata Falcão e Aline e Dayvid
15/06 –Saia Rodada, Jonh Modão e Aviões do Forró
16/06 – Lagosta, João Neto Pegadão, Felipe Costa e Forró dos 3
17/06 – Elas Cantam Brega, Darlan Dias, Zezo, Ciro Robson e Lucas Lima
22/06 –  Farra de Playboy, Cavaleiros do Forró e Dimas Araújo
23/06 –Grupo Vina, Trio Mossoró, Amazan, Wonney Saraiva, Roberto do Acordeon e Forró Encaixe
24/06 – Forró com Ella, Naelson Junior, Junior Vianna, Michel Teló e Aline e Dayvid
29/06 – Brilhantes do Forró, Giuliam Monte, Waldonys e Gabriel Diniz,
30/06 –Sirano e Sirino, Forró Classe A, Solteirões do Forró e Renata Falcão
01/07 – Boca da Noite - Ewerton Linhares, Felipe Grilo, Everaldo Jr e Banda do Magão.
25.05
08:36

Da baderna a volta de Dilma Rousseff

OPINIÃO - Enquanto movimentos de esquerda pregam o terror, a ex-presidente vai ao STF na tentativa de anular seu impeachment

O Brasil viveu nesta quarta-feira (24) um dia de terror. Os movimentos de esquerda pregam o “quanto pior melhor” e partem para o vandalismo.

O distúrbio que ocorreu em Brasília, deixa muito claro a tática dos movimentos sociais: levar o medo à sociedade, em práticas de violência inaceitáveis no estado democrático de direito.

O direito à manifestação todos tem, é sagrado, independente de ideologia política. Agora, não se pode confundir direito à manifestação com agressão deliberada. Assim, essa liberdade ganha áreas de “terrorismo” ideológico.

Enquanto radicais de esquerda pregam o medo, a ex-presidente Dilma Rousseff se aproveita deste momento de “instabilidade” e ingressa com uma liminar no Supremo Federal, tentando anular o seu impeachment.

Caberá ao ministro Alexandre Moraes julgar a liminar de Dilma, acatando-a ou enviando o caso para análise em plenário. O ex-ministro Teori Zavascki já havia negado pedido similar apresentado pela defesa da ex-presidente.
25.05
08:14

Robinson: propina e venda da CAERN

Para desvincular denúncia, governador "arquiva" privatização

Não há mal que não venha para o bem, já diz a sabedoria popular. A citação do seu nome como beneficiário de uma propina de R$ 10 milhões, em delação da JBS ao MPF, cai como uma luva no caso.

O governador e seu filho, o deputado federal Fábio Faria, são acusados de receber propina em troca da venda da Caern ao grupo JBS.  A chamada concessão público-privada, defendida no governo.

Agora, com a delação, o governador jura que “jamais” pensou em vender a Caern. Pelo menos foi o que ele afirmou durante encontro com os servidores da estatal potiguar de águas e esgotos.

Todavia, entretanto, porém (como diria o Velho Apache Antenado), o “estrago” já foi feito. Duplamente. O governador não se livrará da denúncia de corrupção, podendo, inclusive, vir a ser denunciado no caso. E a Caern já não é mais a mesma, diante da ideia de sua privatização.

É que, para sanear a empresa, torná-la rentável e repassá-la para a iniciativa privada, o Governo do RN adotou uma série de medidas, uma delas, “cruel”, elevando o custo de seus produtos.

Quer dizer: o governador enche o bolso de propina (segundo delação) e os consumidores pagam a conta, caro. De lascar!!!
25.05
07:53

Vereador Francisco Carlos acompanhará licitação na PMM para comprar insulina

A falta de insulina para distribuição gratuita na rede municipal de Saúde dominou os debates, nesta quarta-feira, 24, na Câmara Municipal de Mossoró. Aos presentes à sessão, o vereador Professor Francisco Carlos (PP) informou que acompanhará o andamento do processo de compra do medicamento, após dispensa de licitação pela Prefeitura de Mossoró. Serão investidos R$ 3,7 milhões na aquisição do produto.

“Eu me disponho a acompanhar, junto a outros parlamentares, o procedimento de chegada do processo de dispensa, na Comissão de Licitação, para fazermos o acompanhamento da movimentação do processo e, assim, podermos informar aos pacientes a respeito do andamento e prazos”, propôs.

A dispensa de licitação, que vai acelerar o processo de compra da insulina tipo Lantus e Humalog, ocorre após duas licitações, realizadas nos dias 27 de abril e 3 de maio, terem dado desertas, quando não há empresas interessadas em participar.

“Após a dispensa da licitação, assinada pela prefeita no último dia 22, a Secretaria de Saúde coletou propostas de preços para serem anexadas ao processo. O setor de licitação receberá hoje à tarde a documentação e pedirá um parecer jurídico da Procuradoria. A insulina será adquirida o mais rápido possível”, informa.

Estima-se que o investimento previsto na dispensa de licitação seja suficiente para suprir as necessidades dos pacientes até o final deste ano.
25.05
07:45

Prefeitura monta força-tarefa para tapar buracos e retirar mato de ruas de Apodi

Por meio de uma força-tarefa, a Prefeitura de Apodi intensificou o cronograma de serviços da operação Tapa-Buraco, limpeza de mato e pintura de meio fio em toda a área urbana do município. A ação teve início na manhã desta quarta-feira (24) e foi batizada como Operação Limpeza.
 
A ideia é deixar tudo em ordem e resolver, de uma vez por todas, esses problemas que tanto prejudicam os apodienses. Uma equipe extra foi contratada pela Prefeitura para trabalhar no mutirão.

Ao todo são cerca de 40 homens espalhados por toda a cidade. No primeiro dia de trabalho, as ações foram concentradas nos bairros Baixa da Alegria e Baixa do Caic.
23.05
08:48

Lula na mira de Sérgio Moro, outra vez

Ex-presidente é denunciado pelo MPF no caso do sítio de Atibaia. Além dele, outras 12 pessoas também foram denunciadas pelo Ministério Público

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva foi denunciado nesta segunda-feira (22), na Operação Lava Jato, em função das investigações que envolvem um sítio em Atibaia, no interior de São Paulo. A denúncia foi apresentada pelos procuradores que compõem a força-tarefa da Lava Jato, à Justiça Federal, em Curitiba.

Esta é a terceira denúncia que o Ministério Público Federal (MPF) apresenta à Justiça, em Curitiba, contra Lula. Nas outras ações penais, ele é acusado de ter, supostamente, recebido propina das construtoras OAS e Odebrecht. 

Caberá ao juiz Sérgio Moro, responsável pelas ações penais da Lava Jato, definir se recebe ou não a denúncia do MPF. Se ele aceitar, o ex-presidente passará a ser réu também neste novo processo.

Além de Lula, outras 12 pessoas são citadas neste processo. Todos são acusados pelos crimes de lavagem de dinheiro e corrupção ativa e passiva. (Por Veja.com)
23.05
08:44

Câmara de Mossoró programa audiência pública para debater questão da adoção

Evento ocorrerá no dia 26, a partir das 14 horas, em sua sede

Dia 26 de maio, a Câmara Municipal de Mossoró promoverá um debate sobre a adoção de pessoas, como parte da programação da III Semana Estadual de Adoção. O evento acontecerá a partir das 14h, no Plenário do Poder Legislativo.

Além de vereadores, estão sendo convidados para o encontro representantes do Judiciário, do Ministério Público, entidades e demais representantes da sociedade.

A audiência pública terá como tema “Adoção: conceitos e preconceitos”.
22.05
07:57

Integrantes da OAB/RN querem pedir impeachment de Robinson Faria

  • Por Heitor Gregório/Portal Tribuna do Norte
A OAB nacional entrou com o pedido de impeachment contra o presidente Michel Temer, por causa da delação da JBS. 

Também citado no vasto material entregue na delação premiada, o Governador Robinson Faria (PSD) poderá ter seu pedido de impeachment pela seccional da OAB potiguar. Ele é acusado de receber propinas que totalizam R$ 10 milhões, prometendo em troca a privatização da CAERN, que já está com estudos em curso, ao custo de R$ 6 milhões para firmar Parcerias Público Privadas. 

Desde ontem (20), a movimentação é intensa nos bastidores. 

Resta saber se o presidente Paulo Coutinho vai acatar a sugestão de alguns membros. Ele é sócio no escritório de advocacia de Tatiana Mendes Cunha, chefe da Casa Civil do Estado. 
22.05
07:49

Governador anuncia Central do Cidadão e Café do Trabalhador para Areia Branca

Em mais uma ação multissetorial do Governo do Rio Grande do Norte, Areia Branca, município situado a mais de 300 quilômetros de Natal, recebeu nesta sexta-feira (19) a 15ª edição do Vila Cidadã. 

No evento, o governador Robinson Faria anunciou a instalação de uma unidade da Central do Cidadão e do Café do Trabalhador, ações administradas pela Secretaria de Estado do Trabalho, da Habitação e da Assistência Social. 

As Centrais do Cidadão foram reformuladas pela atual gestão contemplando a construção de sedes próprias, para evitar os gastos com aluguel e permitindo que sejam erguidos de forma específica para atendimento ao público. 
21.05
20:11

Bye-bye Temer: jantar “fracassa” e base aliada começa a abandonar presidente

Sem quórum, o presidente Michel Temer cancelou o jantar de adesão com políticos da base aliada, marcado para este domingo (21) no Palácio do Alvorada, em Brasília. 

Boa parte dos líderes preferiu ficar nas suas bases políticas e sequer viajou a Brasília para o encontro. O cancelamento do jantar revela o esvaziamento do presidente Temer.

Para minimizar o efeito do cancelamento do jantar, divulgou-se a versão de que acontece apenas uma “reunião informal” entre o presidente, membros de sua equipe e aliados.

Até o início da noite, o PSDB e o DEM estavam representados no encontro, o que reforça a ideia que os dois partidos deixarão a base de apoio a Temer.
21.05
19:57

Potiguar fica no empate com Maranhão

Jogo aconteceu em Edgarzão, devido a interdição do Nogueirão

O Potiguar estreou na Série D do Brasileirão 2017 com empate de 0 a 0 com a equipe do Maranhão. Atlético Clube. O jogo foi disputado em Assu, no Edgarzão, na tarde deste domingo, 21.

O jogo foi em Assu porque o Nogueirão está interditado.

O Time Macho ainda desperdiçou um pênalti, assim como o seu adversário. No próximo final de semana, o Alvirrubro mossoroense viajará ao Estado do Ceará para enfrentar o Guarani.
20.05
23:13

Robinson e seu filho Fábio recebem R$ 10 milhões em propina do grupo JBS


A J & S (do grupo JBS) pagou R$ 10 milhões em propina ao governador do Rio Grande do Norte, Robinson Faria, e a seu filho, o deputado federal Fábio Faria, ambos do PSD. A denúncia é feita pelo diretor de Relações Institucionais e Governo da empresa, Ricardo Saud (veja áudio).

O dinheiro da propina foi pago na campanha eleitoral de 2014, em troca a J & S ficaria com a concessão da Empresa de Águas e Esgotos do RN (CAERN), que seria privatizada. O acerto da propina ocorreu em São Paulo, durante um jantar dos políticos com diretores da J & S.

A J & S, contudo, ficou com o “prejuízo”, pois desistiu de entrar no ramo das concessões públicas, a partir das investigações contras as construtoras Odebrecht e OAS, na Lava Jato. “Preferimos perder o que gastamos”, revelou Ricardo Saud, à Procuradoria da República.
20.05
06:33

Prefeitura firma termo de cooperação e Mossoró retomará os cirurgias eletivas

A Comissão Intergestora Bipartide (CIB) aprovou a firmação de Termo de Cooperação Técnica Financeira entre a Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap) e a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) para a complementação de recursos para serviços de média e alta complexidade. O documento prevê o investimento de R$ 11.397.677,62 para a complementação da tabela SUS (Sistema Único de Saúde).

Com a aprovação do documento, o município poderá retomar as cirurgias eletivas, que estavam paralisadas desde o ano passado. De acordo com o termo, a complementação deste tipo de procedimento será de 100% da tabela SUS, sendo 60% dos recursos de responsabilidade do Estado e 40% do município.

O secretário municipal de Saúde, Benjamin Bento, informa que iniciou o contato com os hospitais para o procedimento de contratação a fim de retomar as cirurgias. “Já estamos conversando com o Hospital Wilson Rosado, a Apamim, e a Liga Mossoroense de Estudos e Combate ao Câncer (LMEEC), no intuito de conhecer a capacidade instalada de cada unidade para poder firmar o contrato para a realização dos procedimentos cirúrgicos”, informa.

Também será feito a triagem dos pacientes que estão na fila de espera por uma cirurgia eletiva. A proposta é encaminhar os pacientes para fazer a avaliação no Centro Clínico Vingt-um Rosado, conhecido como PAM do Bom Jardim, onde serão realizados o risco cirúrgico e os exames necessários para a cirurgia.
18.05
18:12

"Não renunciarei", diz presidente Temer

Com abertura de inquérito por Fachin, Temer pede rápida apuração de denúncias pelo Supremo Federal

  • Da Agência Brasil
O presidente Michel Temer disse hoje (18) que não irá renunciar ao cargo e exigiu uma investigação rápida na denúncia em que é citado, para que seja esclarecida. "Não renunciarei. Repito não renunciarei", afirmou em pronunciamento, no Palácio do Planalto.

“Sei o que fiz e sei da correção dos meus atos, e exijo investigação plena e muito rápida para os esclarecimentos ao povo brasileiro. Essa situação de dúvida não pode persistir por muito tempo”, disse Temer, em pronunciamento. 

Foi a primeira fala do presidente após divulgação na noite de ontem (17) de reportagem do jornal O Globo em que é citado. A reportagem diz que em encontro gravado, em áudio, pelo empresário Joesley Batista, o presidente teria sugerido que se mantivesse pagamento de mesada de Batista ao ex-presidente da Câmara, Eduardo Cunha, e ao doleiro Lúcio Funaro para que estes ficassem em silêncio. Cunha está preso em Curitiba.

Hoje, o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Edson Fachin homologou a delação premiada dos irmãos Joesley Batista e Wesley Batista, donos do grupo JBS, firmada com o Ministério Público Federal (MPF) e abriu inquérito para investigar o presidente Michel Temer.

Segundo Temer, a investigação do Supremo Tribunal Federal (STF) será território onde surgirão todas as explicações e nunca autorizou ninguém a usar seu nome indevidamente. “No Supremo, demonstrarei não ter nenhum envolvimento com esses fatos”, disse.

Temer negou ter concordado com pagamentos a Eduardo Cunha. Afirmou ainda que não teme delações premiadas. “Em nenhum momento autorizei que pagasse a quem quer que seja para ficar calado. Não comprei o silêncio de ninguém. Por uma razão singelíssima. Exata e precisamente porque não temo nenhuma delação. Não preciso de cargo público nem de foro especial. Nada tenho a esconder, sempre honrei meu nome”, disse.

No pronunciamento, Temer disse que seu governo "viveu nessa semana seu melhor e seu pior momento". O presidente citou a queda da inflação, dados de geração de empregos, avanço das reformas Trabalhista e da Previdência no Congresso, ocorridos em sua gestão, e que isso não poderia ser perdido. “Todo o imenso esforço de retirar o país da recessão pode ser tornar inútil. E não podemos jogar no lixo da história tanto trabalho feito em prol do país”.

Ainda ontem, depois da divulgação da reportagem, Temer se reuniu com os ministros Antonio Imbassahy, da Secretaria de Governo; Eliseu Padilha, da Casa Civil; Moreira Franco, da Secretaria-Geral da Presidência da República. Também estiveram na reunião assessores da Secretaria de Comunicação da Presidência.

Era esperado um pronunciamento do presidente ontem, porém cerca de uma hora depois do início da reunião, o Palácio do Planalto divulgou nota, na qual Temer negou as acusações. Hoje, o presidente explicou que só veio a público no dia seguinte, porque esperava o envio do conteúdo da delação dos irmãos Batista pelo STF, o que ainda não ocorreu.

“Ressalto que só falo agora dos fatos que se deram ontem porque tentei conhecer primeiramente o conteúdo de gravações que me citam. Solicitei oficialmente ao Supremo Tribunal Federal acesso a esses documentos, mas até o presente momento não o consegui”.
18.05
06:09

‘Se renunciarem, melhor’ diz Janaina Paschoal sobre Temer e Aécio Neves

Coautora do pedido de impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff, que acabou por conduzir Michel Temer à presidência da República, a jurista e professora do Departamento de Direito da Universidade de São Paulo (USP) Janaina Paschoal entende que, em se confirmando o conteúdo das gravações do dono da JBS sobre Temer e o senador Aécio Neves (PSDB-MG), reveladas nesta quarta-feira pelo jornal O Globo, ambos devem deixar seus cargos.

“Se eles tiverem a grandeza de renunciar, tanto melhor, mas a renúncia é um ato personalíssimo, ninguém pode obrigá-los. Se tiverem essa grandeza, melhor para o país. Se não tiverem, as instituições têm que funcionar, não tem saída”, afirma a VEJA Janaina, que defende que o relator da Operação Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Edson Fachin, retire o sigilo das gravações feitas por Joesley Batista.

A jurista diz que “é absurdo que no meio dessas investigações todas, esses processos todos, uma pessoa mantenha um diálogo desses dentro do Palácio” e compara Temer a Dilma Rousseff no episódio da divulgação dos grampos da Lava Jato sobre o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. “Acho que determinados cargos exigem uma certa compostura, uma honorabilidade. Se isso se confirmar, além de ser crime, quebra e perde qualquer respeitabilidade, não dá. É como quando a gente ouviu a Dilma oferecendo o papel para o Lula ser protegido de prisão”, lembra Janaina Paschoal.

Ela também critica quem comemorou as revelações contra Michel Temer e Aécio Neves. “Se eles cometeram esses crimes, isso não faz os crimes da Dilma e do Lula serem menores. Acho uma tristeza o brasileiro feliz com uma cena dessas. O problema que a gente tem são os principais políticos envolvidos em crimes gravíssimos. A situação é séria”, afirma.
18.05
02:32

Deputado da Rede protocola pedido de impeachment do presidente Temer

Cabe agora ao presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), decidir se dará ou não seguimento ao processo de impeachment

O deputado Alessandro Molon (Rede-RJ) protocolou na Secretaria-Geral da Mesa da Câmara dos Deputados pedido de impeachment contra o presidente Michel Temer (PMDB). Segundo reportagem do jornal O Globo, Temer deu aval para que repasses de dinheiro fossem feitos para comprar o silêncio do ex-presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ). Um ex-assessor de Temer, o atual deputado federal Rodrigo Rocha Loures (PMDB-PR), aparece em imagens gravadas pela Polícia Federal recebendo uma mala com 500.000 reais.

“A espinha dorsal do governo foi quebrada hoje. O governo acabou”, disse o autor do pedido de impeachment.

No pedido de processo por crime de responsabilidade contra Temer, a Rede sustenta que “torna-se evidente que o presidente praticou conduto que se enquadra nos tipos mencionados [além de crime de responsabilidade, crime contra a probidade na administração], o que torna inevitável o recebimento da presente denúncia”.

Cabe agora ao presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), decidir se dará ou não seguimento ao processo. A ação, a exemplo do que ocorreu com Dilma Rousseff, tem de passar por uma comissão especial antes de ir ao plenário. Já há na Câmara um pedido de impeachment de Temer. A ação, no entanto, jamais andou porque partidos aliados do peemedebista se recusaram a indicar membros para a comissão, o que inviabiliza os trabalhos. 

© 2009 Gutemberg Moura - A notícia com credibilidade. Todos os direitos reservados

Desenvolvimento: Micael Melo